Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.7/5 - (3 votes)

Auxílio Brasil de R$400: Inscrição no CadÚnico será utilizada para cadastro

Atualmente o sistema possui informações de 85 milhões de pessoas, representando 40% dos domicílios brasileiros.

A inscrição no Cadastro Único (CadÚnico) é o pré-requisito para que as famílias em situação de vulnerabilidade tenham acesso ao Auxílio Brasil. Atualmente o sistema possui informações de 85 milhões de pessoas, representando 40% dos domicílios brasileiros.

Veja também: Auxílio de R$ 500 será liberado; veja quem poderá receber

As famílias devem manter os seus dados atualizados junto ao CadÚnico, no máximo a cada dois anos. Isso possibilita que sejam contempladas em uma das mais de 21 medidas públicas oferecidas pelo Governo Federal.

A Caixa Econômica Federal é a instituição responsável por gerar o Número de Identificação Social (NIS) de cada integrante da família. Além disso, ela também realiza os pagamentos dos benefícios, a ressaltar o Auxílio Brasil, que começa nesta quarta-feira (17).

Verificação no CadÚnico

O banco de dados realiza verificações constantes para que nem um erro atrapalhe a concessão de benefícios para os cadastrados. Desta forma, o Ministério da Cidadania tem cuidado com informações duplicadas, documentos errados e ilegitimidade dos dados.

Além disso, periodicamente um cruzamento estre as bases de cada programa é realizado para impedir que alguém seja contemplado de maneira indevida, tomando o espaço de outro cidadão.

O CadÚnico usa também as informações do Registro Nacional de Informações Sociais (CNIS), que é gerenciado pela Dataprev. Só nesse sistema, o governo possui 230 milhões de brasileiros e 35 milhões de pessoas jurídicas.

No mais, para que de fato uma concessão ocorra, o banco de dados verifica os contratos de trabalho, folha de pagamento e valores de contribuição de cada indivíduo registrado. Sendo assim, o benefício só é liberado caso esteja tudo dentro dos critérios de aprovação.

Inscrição no CadÚnico

Embora o CadÚnico seja de acesso federal, ele é descentralizado, ou seja, vinculado ao âmbito estadual e municipal. Para realizar a inscrição no sistema, o cidadão deve comparecer a um Centro de Referência em Assistência Social (CRAS).

Feito isto, a pessoa interessada em fazer o registro do CadÚnico precisa levar documentos pessoais e de todos os membros de sua família. Além disso, também é necessário apresentar um documento que comprove a renda familiar, mesmo que a pessoa esteja desempregada.

Vale ressaltar que famílias que possuem entre seus integrantes menores de idade, é preciso ter em mãos documentos referentes a frequência escolar das crianças e adolescentes.

3.7/5 - (3 votes)

Está "bombando" na Internet:

2 Comentários
  1. Ana Paula de Souza da Costa Diz

    Olá Boa tarde eu preciso muito desse, auxílio Brasil

  2. Keila Maria Gomes da Silva Diz

    Eu estou bloqueada não trabalho preciso muito sou mae souteira

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.