Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Auxílio Brasil: saiba quando serão incluídos os inscritos no CadÚnico

Os inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) poderão ser incluídos no Auxílio Brasil, para isso é necessário que atendam os requisitos mínimos e aguardem na fila para receber os valores.

Veja também: Como economizar no dia a dia 

Notícia da Agência de notícias oficial do governo explica as informações. “Apesar de ser pré-requisito para o novo programa social, a inscrição no CadÚnico não representa garantia de que a família passará a receber o Auxílio Brasil. Apenas significa que ela está incluída em uma lista de reserva do programa, que será ampliado à medida que o governo tenha recursos no Orçamento. Os escolhidos todos os meses serão comunicados oficialmente pelo Ministério da Cidadania”, diz informações da Agência Brasil.

Como saber se tenho direito ao Auxílio Brasil?

Além de estarem inscritos no CadÚnico, as famílias precisam ter atualizado o benefício pelo menos a cada dois anos ou então em caso de solicitação do governo.

É possível acompanhar a situação do seu cadastro no aplicativo Meu CadÚnico. No caso de dúvidas vá até um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) ou postos de atendimento do CadÚnico ou Bolsa Família.

Encontre os endereços no  Mapas Estratégicos para Políticas de Cidadania (MOPS). Uma outra opção é entrar em contato pelo telefone 135.

Limites de Renda

Para participar do Auxílio Brasil, é preciso além de estar inscrito no CadÚnico obedecer os limites de renda para o programa.

É possível receber, independente do tamanho e membros da família, pessoas que vivam em extrema pobreza (renda por pessoa de de R$ 100). 

Já as famílias em pobreza precisam ter renda de R$ 100,01 e R$ 200, além de ter gestante ou filhos de até 21 anos na composição da família. 

Inscrição no CadÚnico

A inscrição é feita no mesmo local que de atualização de dados – o Cras. Caso você não saiba um endereço na sua cidade, veja acima como descobrir no Mops.

Caso já saiba o endereço do Cras, vamos as informações necessárias antes do cadastro

  • “A inscrição no Cadastro Único deve ser feita por uma pessoa da família chamada de Responsável Familiar, que precisa ter pelo menos 16 anos e, preferencialmente, ser mulher”, a informação é da Secretaria Especial de desenvolvimento Social.
  • Entre os documentos a serem apresentados estão o CPF ou título de eleitor, além de algum documento dos outros integrantes da família;
  • Aqueles integrantes de famílias quilombolas devem também apresentar o Registro Administrativo de Nascimento Indígena (RANI).
  • É possível que a entrevista para cadastro dure mais de uma hora, por isso é recomendável que separe este tempo, no mínimo.
Avalie o Texto.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

2 Comentários
  1. Tatiane Diz

    Sou do cadastro único minha família temos 6 no pessoas eu meu esposo uma filha de 20 anos desempregada uma filha de 9 anos e um filho de 5 e nossa renda e 2 mil reais e a única renda comigo receber o auxílio Brasil pois o emergencial eu peguei

  2. Rosineide Diz

    Tem como fazer o recadastramento pela internet

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.