Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.8/5 - (11 votes)

Auxílio Brasil: como calcular quanto você vai receber de retroativo

De acordo com o Governo Federal é possível que o pagamento retroativo do Auxílio Brasil esteja disponível em janeiro de 2022

O Governo Federal ainda não confirma mas está quase tudo pronto para o início dos pagamentos dos adicionais retroativos do Auxílio Brasil. De acordo com informações de bastidores, o mais provável é que esse dinheiro saia para os usuários na terceira liberação do programa, que deve acontecer em janeiro do próximo ano.

Só que muita gente ainda nem sabe ao certo quanto pode receber de retroativo. Na verdade, alguns usuários ainda não sabem nem direito o que é isso. A boa notícia é que não é tão difícil entender. Esse é um bônus que vai para as pessoas que receberam menos do que R$ 400 em novembro deste ano.

Então se você recebeu um valor inferior a R$ 400 em novembro no seu Auxílio Brasil, então você tem direito a receber esse adicional. Não é necessário fazer nenhum tipo de nova inscrição. Essa conta vai cair no seu perfil de maneira automática assim que o Palácio do Planalto fizer a liberação do montante.

Mas como calcular quanto cada pessoa vai receber? Essa é uma pergunta importante considerando que cada usuário vai receber seu próprio valor. A ideia é pagar aquilo que faltou para o usuário atingir os R$ 400 no último mês de novembro. Por isso o nome é retroativo. O objetivo é liberar a diferença.

Então vamos para um exemplo. Uma senhora recebeu R$ 50 em novembro. Essa pessoa tem o direito de receber R$ 350 de retroativo. Isso porque esse foi o valor que faltou para ela conseguir chegar aos R$ 400. Do mesmo modo, alguém que recebeu R$ 250 em novembro, vai ter direito a receber R$ 150 de adicional, pela mesma lógica.

E quem recebeu mais de R$ 400 em novembro

Quem recebeu mais do que R$ 400 em novembro não vai ter direito a nenhum tipo de repasse retroativo. E isso não vai acontecer por motivos óbvios. É que se entende que essa pessoa já atingiu o patamar mínimo.

De qualquer forma, é importante prestar atenção na diferença entre os pagamentos de novembro e dezembro. Essas pessoas que receberam mais de R$ 400 não poderão ter uma diminuição de valores. Precisam seguir recebendo o mesmo agora em dezembro.

Retroativo é o mesmo que Benefício extraordinário?

Não. Essa é uma questão que está tirando o sono de muita gente neste momento. Como dito, o retroativo é um adicional que as pessoas irão receber uma vez apenas como uma espécie de pagamento pelo que elas não receberam em novembro.

Já o Benefício extraordinário é um dinheiro que o Governo Federal liberou agora em dezembro para que as pessoas já comecem a receber o patamar de R$ 400. Dessa forma, eles não terão que pagar retroativo deste mês depois.

Auxílio Brasil já está pagando R$ 400

Quem está dentro do Auxílio Brasil e já recebeu o dinheiro já percebeu que o valor está mesmo turbinado. De acordo com o Governo Federal ninguém pode receber menos do que esses R$ 400 agora em dezembro.

E isso independe de qualquer coisa. Mesmo que você more sozinho você vai receber, pelo menos, esses R$ 400. A expectativa do Governo Federal é manter essa regra pelo menos até o final do próximo ano de 2022.

3.8/5 - (11 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

2 Comentários
  1. Maria Aparecida dos reis Diz

    Quero saber se tenho uma ajuda pra todos pobres

  2. Anadia Diz

    Será que vou receber as retroativas parcelas do auxílio emergencial que não mi pagaram??? Sou do bolsa família.. .vamos orar.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.