Auxílio Brasil: Caixa informa quando o EMPRÉSTIMO CONSIGNADO será LIBERADO

Nesta terça-feira (04), a presidente da Caixa Econômica Federal, Daniella Marques, informou que tudo está sendo feito para que a operação do Empréstimo Consignado do Auxílio Brasil ocorra já na segunda quinzena deste mês.

Nesta terça-feira (04), a presidente da Caixa Econômica Federal, Daniella Marques, informou que tudo está sendo feito para que a operação do Empréstimo Consignado do Auxílio Brasil ocorra já na segunda quinzena deste mês.

A nova modalidade de crédito consignado será destinada aos beneficiários do programa social Auxílio Brasil e o pagamento das parcelas do empréstimo será feito com os valores mensais depositados às famílias que contrataram o serviço.

De acordo com as regras estabelecidas, o beneficiário poderá contratar a modalidade e obter um valor de até R$ 2.569,34, que será pago em 24 parcelas mensais de R$ 160,00. Lembrando que os valores mensais serão descontados do próprio pagamento do auxílio.

Ainda, é importante que os beneficiários do programa tenham em mente que os valores a serem descontados podem variar, de acordo com o valor disponibilizado pelo benefício. Atualmente, o Auxílio Brasil está sendo pago em R$ 600, no entanto, o prazo para concessão desse valor é até dezembro. A partir de janeiro, segundo o projeto, o benefício volta para R$ 400.

De acordo com a presidente da Caixa, as 60 instituições financeiras que estão interessadas em operar o crédito demoram um prazo para lançar a modalidade devido aos ajustes que ainda estão sendo feitos.

“Estamos nesses ajustes. A previsão é que aconteça a partir da segunda quinzena de outubro para atender à população mais vulnerável do Brasil”, disse Marques, presidente da Caixa. Ainda, Marques afirmou que a taxa de juros cobrada pela instituição ficará abaixo do teto de 3,5% ao mês.

Como vai funcionar o empréstimo e quem vai poder contratar?

Após contrato, o empréstimo consignado será empenhado diretamente com os valores do Auxílio Brasil, pago ao beneficiário que aderiu o serviço. É possível comprometer o benefício em até 40% do seu valor.

Ao solicitar o empréstimo consignado, o beneficiário passará por uma análise de crédito pelo banco que estiver operando a modalidade, para saber se o titular do auxílio pode ter acesso aos valores.

Regras para concessão do empréstimo do Auxílio Brasil

Para contratar a nova modalidade de crédito consignado do Auxílio Brasil, o beneficiário deve estar ciente de algumas informações importantes, como:

  • Os beneficiários terão um prazo de 24 meses para quitar o empréstimo consignado;
  • Um total de 5% do crédito consignado poderá ser utilizado para amortização de dívidas no cartão e para saques;
  •  O beneficiário receberá apenas 60% do benefício, tendo em vista que até 40% pode ser comprometido com o pagamento do empréstimo;
  • A taxa de juros cobrada pelos bancos não poderá ser superior a 3,5% ao mês;
  • Se o beneficiário parar de receber o Auxílio Brasil, seja qual for a razão, o empréstimo não será cancelado; o beneficiário continuará com a dívida ativa até o final do prazo do contrato.

Além disso, é válido ressaltar que o empréstimo deverá ser solicitado por meio da conta onde o Auxílio Brasil é depositado.

Quem pode contratar o empréstimo?

Para contratar  empréstimo, é preciso que os beneficiários sigam os seguintes critérios:

  • Estar em situação de extrema pobreza, com renda mensal até R$ 105;
  • Estar em situação de pobreza, com renda mensal entre R$ 105,01 e R$ 210;
  • Famílias com mulheres gestantes, mães que amamentam ou pessoas de 0 a 21 anos incompletos;
  • Em regra de emancipação.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.