Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Auxílio Brasil: Beneficiários com número NIS final 8 recebem hoje

De acordo com a Caixa Econômica Federal, o Auxílio Brasil será pago nesta sexta-feira (26) para beneficiários com o número NIS com final 8. As datas de pagamento devem seguir o calendário de pagamento do Bolsa Família, pagando os beneficiários nos últimos dez dias úteis de cada mês. Na próxima semana os beneficiários com NIS final 9 e 0 receberão os recursos.

O valor médio do novo programa social do governo federal é de R$ 217,18 e as datas de pagamento, composição das parcelas e valor do benefício podem ser consultados online. Para conferir as informações citadas anteriormente basta acessar o aplicativo Auxílio Brasil ou o Caixa Tem.

Quem tem direito de receber o Auxílio Brasil?

Antes de mais nada, é importante saber que todas as famílias que recebiam o Bolsa Família foram migradas para o Auxílio Brasil. Além disso, o novo programa do governo federal incluiu 2,5 milhões de beneficiários que até então estavam na fila de espera para receber a assistência do governo. De acordo com informações disponibilizadas pelo Ministério da Cidadania, o Auxílio Brasil deve atender 17 milhões de famílias.

Tem direito ao benefício famílias em situação de extrema pobreza (com renda mensal de até R$ 100 por pessoa), bem como famílias em situação de pobreza (com renda mensal de R$ 100,01 a R$ 200 por pessoa). Famílias em situação de pobreza só receberão o auxílio se houver gestantes ou filhos com até 21 anos incompletos.

A frequência escolar dos dependentes da família é um requisito para a permanência no programa. Desse modo, crianças de 4 e 5 anos de idade precisam ter frequência escolar mensal mínima de 60%, já os estudantes de 6 a 21 anos precisam ter no mínimo 75% de frequência. Além disso, é exigido que se cumpra o calendário nacional de vacinação e que crianças de até 7 anos incompletos ou gestantes façam o acompanhamento do estado nutricional.

Como se cadastrar no novo programa social do Governo Federal

Os cidadãos brasileiros que se enquadrem em situação de extrema pobreza ou pobreza podem se cadastrar no Auxílio Brasil. Para isso, é necessário estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico). Contudo, o ministério da cidadania informa que estar inscrito no CadÚnico não garante que as famílias serão selecionadas para receber o benefício, ou seja, é necessário atender a todos os requisitos do programa.

De acordo com o Ministério da Cidadania, a seleção para o novo programa social do governo federal, Auxílio Brasil, deve acontecer mensalmente. Ao serem selecionadas, as famílias receberão um comunicado oficial. Sendo assim, é de extrema importância que os dados no CadÚnico estejam sempre atualizados e com o endereço correto.

É importante saber que não atualizar os dados do CadÚnico por quatros anos pode levar a exclusão do registro do beneficiário e consequentemente o cancelamento deste nos programas sociais do governo federal. Para atualizar os dados, os beneficiários podem procurar um  Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) ou postos de atendimento do CadÚnico ou Bolsa Família/Auxílio Brasil.

Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.