Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Agências da Caixa voltam a registrar grandes filas por Auxílio Emergencial

O Governo Federal segue fazendo os pagamentos da terceira parcela do Auxílio Emergencial. As pessoas estão pegando o benefício, mas não sem antes passar por uma grande dose de espera. Pelo menos é isso o que as imagens que correm pelas redes sociais mostram.

Nesta sexta-feira (18), o caso que mais chamou atenção foi o de Macapá, no Amapá. Por lá, há relatos de que as pessoas chegaram nas portas das agências por volta das 18h ainda da quinta (17). Elas passaram portanto por uma noite e uma madrugada inteira esperando para pegar o dinheiro.

Reprodução: TV Globo

E para piorar a situação dessas pessoas, a capital do Amapá registrou uma madrugada de muita chuva. Então dá para imaginar que eles tiveram que passar muito frio nesse período de espera. De acordo com a Caixa Econômica, as agências só abrem às 8h.

A diminuição das filas nas agências era algo que a Caixa Econômica Federal vinha comemorando nos últimos meses. Em entrevistas, o Presidente do banco, Pedro Guimarães, vinha afirmando que o calendário escalonado de pagamentos vinha permitindo que as pessoas não fossem receber o dinheiro todas de uma vez.

No entanto, em algumas cidades não é isso o que está acontecendo. De acordo com imagens que circulam pelas redes sociais, várias cidades seguem registrando grandes filas em plena pandemia. E há uma série de preocupações sobre essa questão.

Olho nas filas

A primeira questão sobre essas filas é que o Brasil ainda está em uma pandemia. E na verdade, os números de novas contaminações nunca estiveram tão altos. Então de acordo com especialistas, há um grande perigo nestas aglomerações nas filas das agências da Caixa Econômica.

No entanto, essa não é a única preocupação. É que essas pessoas também estão correndo o risco de serem vítimas da violência urbana. É que, como se sabe, estar em uma grande cidade de madrugada pode ser extremamente perigoso. Há portanto um temor sobre assaltos nesta situação.

De acordo com especialistas, a formação dessas filas mostra que uma grande parcela da população está em um nível alto de desespero para receber o Auxílio Emergencial. Então boa parte delas corre para a agência na tentativa de pegar o dinheiro o mais rápido possível.

A Caixa não comentou a formação dessas filas em Macapá. No entanto, sobre essa questão o banco deixa claro que não é preciso ir de madrugada para a porta da agência. A Caixa fecha por volta das 13h, mas a regra é não deixar de atender ninguém que estiver esperando. Ninguém vai poder retirar o dinheiro a não ser o próprio usuário.

Auxílio Emergencial

De acordo com informações do Ministério da Cidadania, cerca de 39,1 milhões de brasileiros estão recebendo o novo Auxílio Emergencial. Eles estão pegando quatro parcelas de valores que variam entre R$ 150 e R$ 375. São montantes portanto notadamente mais baixos do que os do ano passado.

Segundo o Ministro da Economia, Paulo Guedes, o Governo Federal deverá prorrogar o benefício por mais dois ou três meses. Pelo menos essa é a ideia. O tamanho da prorrogação, no entanto, vai depender do ritmo da vacinação no Brasil nos próximos meses.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.