Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Abono extra de R$ 2 mil no INSS em NOVA proposta

Os aposentados, pensionistas ou cadastrados no Benefício de Prestação Continuada (BPC) do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) têm a expectativa de um novo abono extra no valor de R$2 mil. O texto consta na sugestão legislativa (SUG) nº 15/2020, proposta por Jefferson Brandão Leone – BA, já em trâmite no Senado Federal.

O texto do pagamento do abono extra no valor de R$2 mil já colheu mais diversas assinaturas on-line a favor da sua implementação. Agora, o documento foi recepcionado pelo senador Paulo Paim para análise e apreciação.

Sobre a proposta

De acordo com o texto, a proposta vista implementar o pagamento de um abono extra no valor de R$2 mil aos aposentados, pensionistas e inscritos no BPC do INSS durante o estado de calamidade pública, previsto até dezembro. O documento prevê pagamentos para o segurado que ganha até 3 salários mínimos.

A nova proposta foi pensada com o objetivo de ser mais uma ferramenta no combate à pandemia do novo coronavírus. Além disso, foi pensada por ser extremamente importante aos beneficiários do INSS.

Os cidadãos poderão acompanhar todos os trâmites no site oficial do Senado Federal, com desdobramentos da iniciativa, assim como os detalhes de sua movimentação. Além disso, claro, aqui no site Notícias Concursos.

Projeto prevê pagamento de R$1.045

Um novo abono emergencial de um salário mínimo, atualmente no valor de R$1.045, está sendo proposto pelo Projeto de Lei 4644/20. O texto do PL visa fornecer o recurso, a ser pago em cota única, aos trabalhadores formais, aposentados e pensionistas do RGPS (Regime Geral de Previdência Social) e beneficiários do BPC (Benefício de Prestação Continuada) e da RMV (Renda Mensal Vitalícia).

De autoria da deputada Sâmia Bomfim (SP), o projeto visa contribuir com o repertório de ações para o enfrentamento da diminuição de renda das famílias mais vulneráveis causada pela pandemia do coronavírus. A proposta foi apresentada à Câmara dos Deputados pela bancada do PSOL, partido a qual a parlamentar faz parte.

Para os trabalhadores empregados, a proposta prevê a utilização da própria estrutura operacional do abono salarial como instrumento de mitigação da perda de renda. No texto de justificativa do projeto, os deputados citam dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Covid (Pnad Covid-19) segundo os quais faltava trabalho para 41 milhões de brasileiros em julho deste ano.

Os parlamentares acreditam que seria possível atingir, com a medida, mais de 20 milhões de pessoas em idade ativa. Conforme a justificativa do projeto, “os trabalhadores que serão alcançados recebem entre um e dois salários mínimos, desempenham trabalhos mais precários e instáveis e não podem fazê-lo remotamente, como faxineiros, vendedores e garçons”.

O segundo pilar da proposição concede o mesmo abono emergencial ao público assistido pelo BPC e pela RMV, além de aposentados e pensionistas que recebam até dois salários mínimos.

Os deputados argumentam que, em razão do adiantamento do 13º salário de aposentados e pensionistas por conta da pandemia, em dezembro eles ficarão sem o benefício. “Os aposentados e pensionistas, na grande maioria, ajudam a sustentar toda a família. Mesmo antes da pandemia, pelo menos 10,8 milhões de brasileiros dependiam da renda de idosos aposentados para viver”, diz o texto do projeto.

No caso do BPC, os deputados do Psol lembram que os beneficiários – pessoas com deficiência e/ou idosos sem meios de subsistência – representam uma parcela muito vulnerável da população, o que justifica o abono extraordinário.

Veja também: INSS: 100 mil vão receber atrasados de até R$ 62 mil; veja se você pode receber

9 Comentários
  1. José Wilton pereira Santana Diz

    Verdade gente nós aqui de Fortaleza ceara estamos vivendo por um milagre de Deus porque o k faço senhor com um salário e meio e tem más tudo isso e triste e pago desse dinheiro 400real de aluguel e imagina vcs so oespirito santo de Jesus Cristo k mim ajuda pois somos dê família humilde não temos outra renda! Vejam aí senhores políticos cm situação do más uma brasileira triste isso.

  2. JANE DE MORAES Diz

    Pedindo o PAE CRIADOR que toque no coração desses Politicos para derem esse auxilio para nos do LOAS…para eu poder comprar um PANETONE e um CHESTER neste Natal TÃO esperado…AMEM….

  3. Luis Diz

    Aposentados nesse atual governo e peso morto só Deus por nós

  4. Joana Diz

    Os coitadinhos dos idosos que morreram de trabalhar a vida toda e agora não tem as vezes nem o que comer enquanto deputados e senadores e principalmente o presidente estão com os bolsos e as contas bancárias cheias de dinheiro…Esse dinheirinho extra vai alimentar muitas familias….Que Deus proteja os mais humildes porque o governo não está nem ai pra ninguém

  5. SIMONE LUNA RIOS IOLANDO Diz

    Lamentável , ver como esses políticos tentam fazer com q algumas pessoas achem q estão fazendo um favor para aposentos é pensionista,favor séria não ter antecipado o décimo terceiro, porque agora não estariamos com dificuldade em comprar nossa ceia de natal é não teríamos q passar pelo constrangimento de não pode dar se quer uma humildade lembrancinha de natal para nossos neto,mas enfim ,Deus no controle sempre ,para vcs políticos todos colhem o q plantam(fica a dica),sei q esse extra jamais vai sair esse ano.

  6. Dirce Olivato Sanchez Araujo Diz

    Pelo amor de Deus, parem de enganar as pessoas, aposentados e pensionistas do INSS, vcs não estão preocupados com as pessoas e sim com seus próprios lucros, não aguentamos mais tantas falcatruas. Lembre-se, são nossos impostos que garante seus salários.

  7. Aposentado sofredor Diz

    O seu presidente e representantes do governo encham os bolsos mas não esquesam de encher os dos aposentados .por favor. Afinal somos nós que mantemos os vossos luxo. Solta logo esse bonos.decimo quarto e vê se paga uma aposentadoria mais diguina pra nós esse salário de miséria num da pra nada afinal ai tem muito da pra dividir. Obrigado pelo descaso e que Deus tenha misericórdia de vcs.

    1. Michel Diz

      Olha estamos passando por uma fase ruim onde devemos tomar o máximo de cuidado e ter fé para que tudo isso acabe de uma vez mais infelizmente vimos que tudo que se relaciona para aposentados e pensionistas fica essa demora para ter uma data ou até mesmo de ser aprovado gente passa a dar mais atenção para essas pessoas pois elas precisam de uma atenção umas por serem velhinhos e outras por ter alguma deficiência agora quando se trata de auxilio emergencial ate quem não precisa recebe pelo amor de Deus esperamos um pouco de compreensão e ser justo com quem realmente precisa.

  8. Maria de Fátima Diz

    Esse abono nunca sai o tecto da matéria e sempre o mesmo.estaoniludindobas pessoas.e e pior, os idosos

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.