Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3/5 - (7 votes)

Abertura de novas inscrições do auxílio emergencial

No momento, o usuários da internet estão utilizando suas redes com o objetivo de solicitar que o Governo realize a abertura de novas inscrições para ingresso no auxílio emergencial.

Conforme já é de conhecimento da grande parte da população, o Governo Federal não abre novas vagas para o projeto em questão há mais de um ano. É justamente por isso que há esse pedido por parte das pessoas que mais precisam do benefício.

Veja também: Auxílio emergencial: Como saber se seu CPF foi utilizado para receber o dinheiro

Vale lembrar que o auxílio emergencial está muito próximo do fim, uma vez que a última parcela do programa (7ª parcela) está programada para este mês de outubro. No entanto, já existem movimentos para a extensão do benefício por mais tempo.

É pensando nessa possibilidade que pessoas que não estão recebendo nem o Auxílio Emergencial e nem o Bolsa Família estão pedindo para entrar no projeto. Muitas querem que o Governo pelo menos faça uma nova varredura nas contas dos indivíduos que poderiam estar em situação de vulnerabilidade neste momento para abrir novas entradas.

Vale lembrar que o Governo Federal abriu inscrições para o Auxílio Emergencial ainda no início da pandemia no Brasil no ano passado. Naquela ocasião, eles selecionaram quase 70 milhões de pessoas para entrar no projeto. Logo depois, eles foram aplicando uma série de prorrogações, mas todas elas sem abrir novas candidaturas.

Depois de um hiato de três meses sem pagamentos este ano, o Governo Federal retomou os repasses para usuários no último mês de abril, mas sem novas entradas. Eles só pegaram as pessoas que já tinham recebido o dinheiro no ano passado. Isso acabou fechando a possibilidade para muita gente.

Prorrogação do auxílio emergencial

Como dito, há uma tendência de prorrogação do Auxílio Emergencial na mesa neste momento. A ideia do Governo Federal é empurrar os pagamentos por, pelo menos, mais seis meses. Assim, os repasses do programa chegariam em 2022.

Acontece, no entanto, que essa nova prorrogação também não tende a ter novas inscrições. Essa ainda não é uma informação oficial, mas é provável que o Governo siga mantendo esse mesmo caminho. Pelo menos é isso o que se espera.

Hoje, de acordo com o Ministério da Cidadania, o Auxílio Emergencial chega na casa de algo em torno de 35 milhões de brasileiros. Em caso de prorrogação, apenas essas pessoas poderiam seguir recebendo esse dinheiro.

3/5 - (7 votes)

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

9 Comentários
  1. Magnolia luiza da Silva Diz

    Não esttou conseguindo entrar no pikcpay

  2. Francisco Diz

    Já no meu caso meu auxílio está com três parcelas bloqueada constando que estou recebendo seguro desemprego sem está oq fazer

  3. Talita Graziele dos Reis Diz

    Eu também gostaria de voltar a receber fui cortada do Auxílio emergencial por ter sido declarada do imposto de renda em 2019 quando eu ainda era casada…mais depois da separação está sendo muito difícil pra mim manter a casa um filho pequeno com 300,00 reais de pensão alimentícia..Quem sabe se Deus me ajudar eu volte a receber se houver mesmo essa prorrogação do auxílio emergencial de novo

  4. Thamara Diz

    Eu tbm não estou recebendo porque meu ex cunhado colocou CPF do meu ex marido estou precisando muito estou operada tenho que comprar remédio eles tinha que dar opção de tirar CPF

  5. Ana Paula Duarte de Sousa Diz

    Meu auxílio foi cancelado infelizmente tenho 2 filhas. Diz que estou recebendo auxílio previdenciário sem eu tá.
    😕

  6. Elisamar Loreni gama vieira Diz

    Eu estou separada não recebo nada não tenho trabalho vivo de ajuda pra comer e quem resceber e meu ex marido e como eu fico ele trabalha tem tudo eu não tenho nada o governador poderia ter deixado as mulheres recebendo não os homens isto foi uma injustiça q fizeram com nós mulheres

  7. Renan Souza Diz

    Problema é seu, vem generalizar não. Já dá pra ver o pq ele não compra nada

  8. Silvana Maria Da Silva Diz

    Sou de Santo André eu tenho direito no vale gas

  9. Emízia dos Santos Amorim Diz

    Na minha casa tem eu e meu companheiro, o ano passado eu recebi o auxílio emergencial, como o CPF dele estava no meu cadastro fui cortada e agora ele recebe.
    Minha pergunta é, porque tirou de mim e passou pra ele se ele não compra nada dentro de casa. Injustiça pois a mulher que tem que receber e não o homem, não vejo nem a cor do dinheiro.
    O gás acabou e meu pai com 92 anos que comprou meu gás

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.