Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

A Guerra do Golfo: um resumo 

A Guerra do Golfo: aquilo que você precisa saber

A Guerra do Golfo foi um conflito que se iniciou no ano de 1990, envolvendo os Estados Unidos e o Iraque. 

O embate é abordado por diversas questões de história e de geografia, principalmente nos vestibulares e na prova do ENEM.

A Guerra do Golfo: Introdução 

A Guerra do Golfo, também denominada de Primeira Guerra do Golfo, envolveu, principalmente, duas nações: os Estados Unidos e o Iraque. O conflito se iniciaria no ano de 1990 e se estenderia até 1991. É válido destacar que a guerra foi motivada pela invasão do Kuwait pelo Iraque.

A Guerra do Golfo: Causas 

A principal causa que motivou a eclosão do conflito foi a invasão do Kuwait pelo Iraque, liderado por Saddam Hussein. 

Os motivos da invasão podem ser encontrados em um conflito que ocorreu anos antes: a Guerra Irã-Iraque. O embate se iniciou no ano de 1980 e ocorreu porque alguns países ocidentais, entre eles, os Estados Unidos, decidiram utilizar o Iraque como força contrária ao avanço da Revolução Iraniana, que ocorreu no Irã, em 1979.

Na guerra, o Iraque recebeu ajuda financeira e bélica da Arábia Saudita, do Kuwait e dos EUA. Porém, todo o apoio não conseguiu impedir que, com o fim da guerra, o Iraque não enfrentasse uma grave crise econômica. 

Assim, o país buscava novos lucros na sua maior atividade econômica: a venda de barris de petróleo. Porém, o preço do barril estava extremamente baixo na época e, assim, o governo de Hussein passou a culpar o Kuwait por esse problema.

Dessa forma, as relações entre os dois países já estavam frágeis. Todavia, o verdadeiro estopim para a eclosão da invasão foi a cobrança, pelo Kuwait, dos empréstimos que haviam sido concedidos na Guerra Irã-Iraque. 

Diante da invasão, os Estados Unidos se voltaram contra o Iraque, uma vez que eles não poderiam permitir o fortalecimento de uma nação no Oriente Médio que ameaçaria a soberania da Arábia Saudita, parceira dos americanos. Ainda, a invasão faria com que Hussein controlasse a maior quantidade de reservas de petróleo do mundo, o que seria extremamente ruim para os ocidentais.

A Guerra do Golfo: Conflitos

A invasão gerou uma forte reação internacional, incluindo aquela da ONU, que divulgaria, no mesmo dia do evento, uma resolução condenando a invasão e ordenando que os iraquianos se retirassem do país. Como isso não ocorreu, os Estados Unidos e a Inglaterra decidiram coordenar um ataque às tropas do Iraque. 

Os exércitos iniciariam os ataques somente no início de 1991. Porém, as tropas de Hussein eram infinitamente menos preparadas do que aquelas americanas e britânicas. Assim, o exército do Iraque foi derrotado em pouco tempo. Os conflitos se encerrariam em fevereiro do mesmo ano.

Centenas de pessoas morreram e o mundo todo presenciou a guerra: era a primeira vez que um embate recebia cobertura total da mídia.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.