Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.5/5 - (23 votes)

14º salário do INSS será liberado em março? confira

O texto solicita a liberação de um 14º salário para os aposentados e pensionistas do INSS. A intenção é apoiar os segurados com um salário extra, uma vez que tiveram o calendário de pagamento do 13º salário antecipado em 2020 e em 2021.

O ano de 2022 será decisivo para os segurados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Isso porque, aqueles que aguardam a liberação do 14º salário saberão se de fato serão contemplados com o novo benefício.

Veja também: Benefícios acima do salário mínimo via INSS têm reajuste definido; confira

14º salário do INSS pode ser aprovado em 2022

O Projeto de Lei (PL) 4367/20 de autoria do deputado Pompeo de Mattos está em trâmite na Câmara dos Deputados, faltando apenas o parecer favorável da Comissão de Constituição e Justiça para ser encaminhado ao Senado Federal.

O texto solicita a liberação de um 14º salário para os aposentados e pensionistas do INSS. A intenção é apoiar os segurados com um salário extra, uma vez que tiveram o calendário de pagamento do 13º salário antecipado em 2020 e em 2021.

Para ser definitivamente liberado, a proposta ainda precisa ser aprovada no Senado Federal e depois passar pela sanção do presidente Jair Bolsonaro. Neste patamar, o chefe do Executivo ainda pode vetar o projeto.

Definições do 14º salário do INSS

Para que possa ser liberado, o PL ganhou algumas definições muito importantes. Isso porque, no texto original não havia destacado a fonte de renda para financiar os pagamentos, nem os valores para serem repassados.

Além disso, o documento ressaltava que os pagamentos deveriam ocorrer em 2020 e 2021, mas os prazos já não podem ser considerados. Neste sentido, se aprovado, o 14º salário do INSS deve ser distribuído aos segurados de direito nos meses março de 2022 e 2023.

O benefício terá um valor máximo de dois salários mínimos, sendo assim, o segurado que recebe um abono com valor superior, deverá se contentar em receber o 14º salário no valor de até dois pisos em vigência.

No mais, o benefício será repassado para todos os segurados que recebem o 13º salário, sendo eles os que ganham aposentadoria, pensão, auxílio-doença, auxílio-acidente e auxílio-reclusão.

Com relação a liberação do benefício este ano, ainda não há uma definição, visto que dependerá de muitos fatores e o apoio de diversos parlamentares até sua aprovação.

Contudo, considerando a movimentação necessária, o texto já deveria estar no Senado Federal, o que pode atrasar ou impedir a concessão definitiva no mês de março.

3.5/5 - (23 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

4 Comentários
  1. JOSE CARLOS OLIVEIRA DA SILVEIRA OLIVEIRA DA SILVEIRA Diz

    Boa noite a todos Brasileiros guerreiros a justiça de Deus não falha tudo que se planta se cole pode levar tempo mas a justiça vem e triste o que a Hipocrisia engana

  2. Clenilda Diz

    Pra mim isso é uma vergonha tanta enrrolação pra nada. Mentiras falsas e absurdas. Apisentados p eles é ninguém.

  3. Silvana Maria Diz

    É vergonhoso o que fazem com o povo a respeito dessa enrolação toda!!!

  4. Lúcia Diz

    Quando é que vão parar com está notícia tão mentirosa e falsa?

    TV

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.