Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (1 vote)

INSS: Novo teto 2022 é reajustado; veja o novo valor

A quantia máxima que pode ser repassada pela autarquia passou de R$ 6.433,53 para R$ 7.087,22.

Nesta quinta-feira, 20, o Governo Federal publicou no Diário Oficial da União o reajuste do teto do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A quantia máxima que pode ser repassada pela autarquia passou de R$ 6.433,53 para R$ 7.087,22.

Veja também: 13º salário do INSS: Pagamentos serão antecipados em 2022? Confira o calendário

Portanto, os aposentados e pensionistas que recebem um abono superior ao salário mínimo terão seus valores alterados. A correção foi de 10,16%, de acordo com o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) de 2021.

No entanto, o reajuste pelo percentual só é valido para os benefícios de quem começou a receber pelo INSS em janeiro do ano passado. Os demais, como não completaram 12 meses de pagamentos, contam com percentual menor. Veja a seguir a proporção para cada um.

Reajuste do benefício

A taxa utilizada para o reajuste varia de acordo com o período em que o segurado passou a receber o benefício do INSS. Neste sentido, quanto mais recente for a concessão do abono, menor será o percentual de correção. Veja:

  • Início do benefício: janeiro de 2021 reajuste: 10,16%;
  • Início do benefício: fevereiro de 2021 reajuste: 9,86%;
  • Início do benefício: março de 2021 reajuste: 8,97%;
  • Início do benefício: abril de 2021 reajuste: 8,04%;
  • Início do benefício: maio de 2021 reajuste: 7,63%;
  • Início do benefício: junho de 2021 reajuste: 6,61%;
  • Início do benefício: julho de 2021 reajuste: 5,97%;
  • Início do benefício: agosto de 2021 reajuste: 4,9%;
  • Início do benefício: setembro de 2021 reajuste: 3,99%;
  • Início do benefício: outubro de 2021 reajuste: 2,75%;
  • Início do benefício: novembro de 2021 reajuste: 1,58%;
  • Início do benefício: dezembro de 2021 reajuste: 0,73%.

Importante destacar que os segurados que recebem um salário mínimo tiveram o benefício corrigido por um percentual maior, correspondente a 10,18%. A remuneração passou de R$ 1.100 para R$ 1.212.

Por lei, o INSS não pode conceder um benefício inferior ao salário mínimo, sobretudo, para os cidadãos que recebem aposentadorias, auxílio-doença, auxílio-reclusão e pensão por morte.

Calendário de janeiro do INSS – 2022

Para os cidadãos que recebem um salário mínimo:

FinalJaneiro
125/jan
226/jan
327/jan
428/jan
531/jan
601/fev
702/fev
803/fev
904/fev
007/fev

 

Para os cidadãos que recebem mais que o piso:

FinalJaneiro
1 e 601/fev
2 e 702/fev
3 e 803/fev
4 e 904/fev
5 e 007/fev

 

5/5 - (1 vote)

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.