Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Youtube doa R$2,5 milhões para Unicef em apoio à educação

O Youtube anunciou a doação de R$2,5 milhões à Unicef para projetos voltados para o enfrentamento da exclusão escolar e vulnerabilidade social. 

Espera-se que pelo menos 30 mil crianças e adolescentes sejam beneficiadas com a doação. 

O Youtube também afirmou que a doação está relacionada com os seus objetivos globais de apoio à educação dos jovens. 

A ação, deverá ajudar municípios e estados no enfrentamento da exclusão escolar, assim como assegurar a diminuição dos impactos da pandemia da covid-19 nas famílias de baixa renda. 

Estima-se que os valores serão distribuídos entre 30 mil jovens da Amazônia, semiárido, territórios indígenas, comunidades quilombolas e periferias de centros. 

Dois projetos serão contemplados

Dois projetos serão contemplados com a doação do Youtube, são eles:

  • Busca Ativa Escolar,
  • Kits de Conectividade do Fundo das Nações Unidas. 

A empresa relatou que está engajada, por meio da doação, com seus objetivos globais de apoio à educação. 

Para se ter uma ideia, de acordo com um levantamento da Unicef, em novembro de 2020, pelo menos 1,5 milhão de crianças e adolescentes não frequentaram a escola. 

Além disso, 3,7 milhões estavam matriculados e não possuíam acesso às atividades escolares e também não conseguiam aprender remotamente. 

Segundo dados do portal da Unicef na internet, o projeto Busca Ativa Escolar: “consiste em uma metodologia e uma plataforma tecnológica gratuitas, apoiando municípios e estados no enfrentamento da exclusão escolar”. 

Ademais, o projeto “Kits de Conectividade” busca apoiar famílias, através da oferta de internet e entrega de kits escolares, visando diminuir os impactos da pandemia na educação infantil. 

E então, gostou da matéria? Não deixe de ler também – Auxílio Emergencial: Ministério quer prorrogar o benefício para 2022

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.