Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.3/5 - (7 votes)

Valores de benefícios serão corrigidos em 2022; veja como vai ficar

O piso é defino conforme a inflação acumulada no ano anterior, medido pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor).

O salário mínimo é a remuneração básica de milhares de cidadãos brasileiros. A quantia costuma ser referencial para trabalhadores e beneficiários da Previdência Social, por exemplo. Em razão disso, quanto alterado, automaticamente essas medidas também são corrigidas.

Veja também: Auxílio Brasil: após o dia 17 de novembro os pagamentos começarão a ser feitos; veja como receber

O piso é defino conforme a inflação acumulada no ano anterior, medido pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor). Diante disso, anualmente o salário mínimo deve ser corrigido para garantir o poder de compra do cidadão.

Na última projeção do INPC, um índice de 9,1% foi estimado para encerrar o ano de 2021. Considerando esse número, o piso nacional passará de R$ 1.100 para R$ 1.200, em 2022.

Medidas que serão reajustadas em 2022 devido ao novo salário mínimo

Abono PIS/Pasep

O abono salarial PIS/Pasep concede aos trabalhadores de direito uma parcela máxima equivalente a um salário mínimo em vigência. Desta forma, quando corrigido o piso, também é alterado o valor do benefício. Caso a inflação seja confirmada em 9,1%, o abono terá o valor máximo de R$ 1.200.

Quando o cidadão trabalha durante um mês no ano-base, por exemplo, ele recebe 1/12 do salário mínimo, isso porque, o piso é dividido em 12 vezes, o que corresponde a cada mês no ano. Desta forma, a cada mês trabalhado, o titular recebe um abono proporcional ao seu período de exercício.

Seguro desemprego

O seguro desemprego por sua vez é calculado de acordo com os últimos 3 salários recebidos pelo trabalhador. Ele é repassado em 3 a 5 parcelas conforme a quantidade de vezes que ele já foi solicitado pelo trabalhador, sendo o valor mínimo igual ao salário mínimo em vigência, R$ 1.200 previsto para 2022.

Benefícios do INSS

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), por lei não pode conceder um benefício inferior ao piso nacional em vigência para seus segurados. Desta forma, o salário mínimo é considerado o abono mínimo disponibilizado pela autarquia.

Neste sentido, caso o valor de R$ 1.200 seja realmente definido em 2022, o salário base do INSS será equivalente a mesma quantia, e o teto passará de 6.433,57 para R$ 6.546 no próximo ano. Confira os benefícios que costumam ser iguais ao piso nacional:

  • Aposentadorias;
  • Benefício por incapacidade temporária (Auxílio-doença);
  • Auxílio-acidente;
  • Licença-maternidade;
  • Pensão por morte.
3.3/5 - (7 votes)

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.