Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4/5 - (1 vote)

Auxílio Brasil: após o dia 17 de novembro os pagamentos começarão a ser feitos; veja como receber

Confira o calendário e quais são os meios de recebimento

Auxílio Brasil é um novo programa social criado para substituir o quase extinto Bolsa Família. Ele terá início para o pagamento em 17 de novembro. Segundo informações, aproximadamente 17 milhões de domicílios serão beneficiados, o que significa que o programa terá mais ou menos 2,5 milhões a mais do que os 14,6 milhões de domicílios cobertos pelo Bolsa Família. Entenda mais a respeito na matéria que o Notícias Concursos preparou nesta quinta-feira (11).

Como receber Auxílio Brasil?

Esse benefício seguirá o calendário do antigo Bolsa Família. Este é pago segundo o último dígito do Número de Cadastro Social (NIS). Assim, nos últimos dez dias úteis de cada mês, inicia-se com beneficiários terminados em 1, e finaliza-se com beneficiários terminados em 0. Segundo informações do Governo, o Auxílio Brasil pode ser pago por meio da Poupança Social Digital, no Caixa Tem.

De acordo com a Caixa, a Poupança Social Digital pode ser aberta automaticamente em nome do responsável pela família cadastrada no CadÚnico. Assim, o pagamento será feito, caindo diretamente no saldo.

Quem pode obter o benefício?

Auxílio Brasil
Auxílio Brasil: após o dia 17 de novembro os pagamentos começarão a ser feitos; veja como receber – Foto: Canva Pro

Conforme o decreto, a renda mensal das famílias extremamente pobres não deve ultrapassar 100 reais por pessoa, e a renda per capita das famílias pobres fica entre 100,01 reais e 200 reais. Dessa forma, para a segunda categoria de beneficiários, apenas famílias com gestantes ou crianças menores de 21 anos podem receber a assistência brasileira.

Principais benefícios

O Auxílio Brasil será pago da seguinte forma:

  • Benefício para a primeira infância – Aplicável a famílias com crianças menores de três anos, sendo o valor de R$ 130 reais para cada criança, mas limitada a cinco benefícios;
  • Benefícios de afiliação familiar – Aplicável a famílias com gestantes de 13 até 17 anos, tal como de 18 até 21 anos cursando o ensino fundamental. Conquanto, o valor do benefício será de R$ 65 por cada pessoa, e cada família também está limitada a cinco benefícios;
  • Benefícios para a superação de extrema pobreza – Mesmo que os outros benefícios sejam somados, caso a renda mensal per capita familiar ainda estiver abaixo do estipulado para a linha de extrema pobreza (R$ 100), ele será pago.

Como fazer o cadastro do Auxílio Brasil?

Pois, esse auxílio usará os registros do Bolsa Família e do Cadastro Único (CadÚnico). Assim, no caso do Bolsa Família, todos os beneficiários em outubro de 2021 estão automaticamente incluídos no Auxílio Brasil. Com isso, não havendo necessidade de se cadastrar novamente.

Ademais, quem ainda não está no CadÚnico deve se cadastrar no Centro de Aconselhamento de Assistência Social (CRAS) mais próximo para comprovar sua pobreza ou extrema pobreza. Não está claro se aqueles que se cadastraram no CadÚnico, mas não atendem aos critérios do Bolsa Família, vão esperar na fila ou se receberão Auxílio Brasil automaticamente.

4/5 - (1 vote)

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.