Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Vale-gás: Governo revela o quanto gastou com pagamentos de abril

Segundo informações do Ministério da Cidadania, Governo liberou R$ 275 milhões para os repasses do vale-gás em abril

Para os pagamentos de abril do vale-gás nacional, o Governo Federal liberou pouco mais de R$ 275 milhões dos cofres públicos. Pelas contas do Ministério da Cidadania, o valor é suficiente para pagar o benefício a pouco mais de 5 milhões de brasileiros. Cada um deles está recebendo R$ 51 na folha de repasses.

O valor reservado pelo Governo Federal para os pagamentos do Auxílio Brasil em abril é um pouco menor do que o registrado na última liberação, que aconteceu em fevereiro. A queda no nível de liberação aconteceu porque o número de usuários ativos no programa caiu entre os meses de fevereiro e abril deste ano.

Segundo informações do Ministério da Cidadania, quase 200 mil pessoas perderam o direito de receber o benefício nos últimos dois meses. Os motivos variaram a depender dos indivíduos. Mas no geral, a maioria dos bloqueios nas contas dos usuários aconteceu por causa de supostas inconsistências nas informações prestadas.

O valor dos pagamentos também caiu. Como dito, neste mês de abril todos os usuários do programa estão recebendo R$ 51. Quando se compara com o último repasse, que aconteceu em fevereiro, se percebe uma queda de R$ 1. Na ocasião, o Governo Federal chegou a pagar R$52 para todos os usuários.

Dessa forma, é possível observar quedas em três aspectos do vale-gás. Os números caíram na quantidade de usuários, no valor pago e consequentemente no patamar liberado dos cofres públicos pelo Governo Federal. Ao todo, o Planalto conta com pouco mais de R$ 9 bilhões para pagar o benefício durante seis meses este ano.

Regras não mudaram

Se por um lado se observou uma queda nos números do vale-gás nacional, o mesmo não se pode dizer das regras e normas do benefício do Governo Federal. Segundo o Ministério da Cidadania, todas elas seguem valendo normalmente.

Para fazer parte do vale-gás nacional, segue a lógica de que é preciso ter uma conta ativa no Cadúnico. O perfil, aliás, precisa estar atualizado. Além disso, o cidadão pode entrar no programa através do sistema do Benefício de Prestação Continuada (BPC) do Instituto Nacional do Seguro Social.

Não existe nenhum tipo de inscrição direta para o Auxílio Brasil. De acordo com o Governo Federal, existem algumas quadrilhas que tentam confundir as pessoas com essas informações falsas.

Vale-gás nacional

O Governo Federal iniciou os pagamentos do vale-gás nacional no final do último mês de dezembro do ano passado. Na ocasião, no entanto, apenas as pessoas que moravam em regiões fortemente atingidas pelas chuvas na Bahia e em Minas Gerais é que podiam pegar o saldo.

O sistema mudou a partir de janeiro deste ano de 2022. Desde então, pouco mais de 5 milhões de pessoas de todas as unidades da federação do país puderam começar a receber o dinheiro do benefício.

O Governo garante que novas pessoas poderão entrar no projeto no decorrer deste ano. Isso quer dizer, portanto, que mesmo os cidadãos que não receberam a quantia do programa ainda terão uma nova chance de entrada no próximo mês de junho.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.