Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Vale-gás: alguns usuários que não estão no Auxílio Brasil poderão receber

De acordo com o Ministério, vale-gás nacional não é um programa que vale apenas para as pessoas do Auxílio Brasil

O Governo Federal começou nesta semana os primeiros pagamentos do ano do vale-gás nacional. De acordo com o Ministério da Cidadania, algo em torno de 5,4 milhões de pessoas irão conseguir receber esse benefício. As liberações começaram na última terça-feira (18) e deverão seguir até o próximo dia 31 deste mês.

Só que mesmo depois do início dos pagamentos do programa social, muita gente ainda tem dúvidas sobre essas liberações. Corre nas redes sociais a informação de que apenas os usuários do Auxílio Brasil poderão receber o vale-gás. Isso em parte é verdade, mas algumas pessoas poderão ser uma exceção.

De acordo com as regras gerais do programa, o vale-gás nacional vai para cidadãos que estão no Cadúnico e que recebem uma renda per capita de até meio salário mínimo. Mas eles não são os únicos. Também poderão receber o benefício os cidadãos que fazem parte do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Para quem não sabe, esse é um projeto do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que atende basicamente cidadãos com mais de 65 anos de idade. Além disso, recebem também as pessoas que possuem algum tipo de deficiência física e/ou intelectual. Pelo menos é isso o que as regras dizem.

Além desse grupo, o Governo Federal também mapeou as cidadãs mulheres que se encaixam nas regras gerais e que tenham sido vítimas de violência doméstica. São mulheres que estão neste momento sob medida protetiva e que estão precisando muito de ajuda financeira neste momento.

Como funciona o vale-gás nacional

Para quem ainda não sabe, o vale-gás nacional possui um sistema de funcionamento diferente dos programas sociais que conhecemos normalmente. A diferença começa no ritmo de pagamento do benefício.

De acordo com o Ministério da Cidadania, os repasses do programa acontecem sempre a cada dois meses. Segundo o Governo Federal, esse seria um tempo considerável para se manter um botijão de gás de 13kg para uma família.

Outra característica particular do Auxílio Brasil é que o benefício em questão vai ter uma variação no valor dos pagamentos. A regra diz que o Governo tem que pagar sempre pelo menos a metade do preço médio nacional do botijão de gás de 13kg no momento da liberação.

Novas entradas no programa

Como dito, o vale-gás nacional começou neste mês de janeiro para cerca de 5,4 milhões de pessoas. Isso é, portanto , bem menos gente do que os 24 milhões de brasileiros que têm direito ao benefício.

Mas o Ministério da Cidadania diz que o número de usuários do programa deve aumentar gradativamente. De modo que o plano é equiparar o número de beneficiários do vale-gás e do Auxílio Brasil em algum momento.

Hoje, ainda de acordo com o Ministério da Cidadania, o número de usuários do novo Bolsa Família é de 17,5 milhões. Então, em um futuro não muito distante, esse deverá ser o número de beneficiários do vale-gás nacional também. Agora é esperar para saber se é isso o que vai acontecer mesmo. O Governo Federal ainda deve dar mais detalhes sobre esse assunto em breve.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.