Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Uso de cartões de crédito sobe no Brasil; Veja benefícios e principais gastos

Em levantamento realizado pela Credicard, foi constatado que os gastos realizados com compras utilizando o cartão de crédito subiram cerca de 11% em novembro quando comparado a outubro do mesmo ano. A empresa de pagamentos do banco Itaú utilizou como base os dados de consumo nos cartões de crédito da marca.

A empresa também divulgou que o faturamento total no mês de novembro deste ano foi maior que o registrado em novembro do ano passado, com alta de cerca de 16% nos valores. Comércios alimentícios como supermercados, docerias e padarias lideram o ranking de consumo, com mais de 12% do total transacionado no último mês.

Com cerca de 10% no montante geral, em segundo lugar ficam as lojas de departamento, seguidas pelas compras relacionadas com veículos e automóveis, que representam pouco mais de 7% do total de transações.

Este aumento nos gastos com cartões de crédito no mês de novembro apontam uma grande influência da Black Friday, as categorias que mais impulsionaram este tipo de transação geralmente são as mais procuradas durante o período de descontos.

Quando comparamos os setores com maior crescimento em relação à outubro do mesmo ano, temos as lojas de departamentos com crescimento de 55,3%, seguido pelo setor de cosméticos com 35,4%, aparelhos eletrônicos aparecem com alta de 29,6%, móveis e artigos de decoração com 27,8% e, por fim, artigos esportivos, com alta de 22,5%.

A Black Friday e os cartões de crédito

A Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (ABECS) colheu dados referentes às compras realizadas utilizando cartões de crédito, débito e pré-pagos. A estimativa é de que os valores tenham superado a casa dos R $28 bilhões durante a Black Friday deste ano no Brasil.

Porém houveram algumas mudanças na preferência dos clientes neste ano. Os itens mais buscados durante o período de promoções foram os alimentos, que representam cerca de 20% dos gastos. Produtos de higiene e beleza vêm em seguida, já os gastos com produtos eletroeletrônicos tiveram queda acentuada.

O uso de cartões no e-commerce teve alta de 30% no período estipulado na pesquisa. Estes dados representam uma nova tendência de consumo. Durante a pandemia, os clientes buscaram realizar suas compras de forma não presencial. Pagamentos online representam hoje cerca de 35% dos gastos relacionados aos cartões de crédito.

Porque o brasileiro tem usado cada vez mais os cartões de crédito

A cada dia que passa, os bancos e outras empresas oferecem benefícios aos clientes que utilizam os cartões de crédito. Dentre eles, estão: ausência ou redução da anuidade, cashback, pontos e milhas, dentre inúmeras outras vantagens. Alguns bancos oferecem criptomoedas e créditos em investimentos para seus clientes.

Após o lançamento do Open Banking, uma ferramenta criada para compartilhamento de dados e serviços financeiros por instituições autorizadas pelo Banco Central (BC) ficou muito mais viável para que fintechs passassem a oferecer os cartões com benefícios e cada vez mais voltados para grupos específicos de clientes.

Porém, diante de tantas possibilidades, é recomendável que o consumidor tome cuidado com as dívidas. Pesquisas recentes revelaram que a maior causa de endividamentos no Brasil está relacionada aos cartões de crédito.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.