Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Tópicos importantes sobre os pigmeus 

Pigmeus são povos africanos que vivem em florestas e, por isso, também são conhecidos como  “povos da floresta”. Além disso, uma das características desse povo é a baixa estatura, eles medem em média 1,50m de altura. 

Os povos pigmeus poderão surgir em questões do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Por isso acompanhe o artigo e fique por dentro do assunto! 

Origem dos pigmeus

Os pigmeus são originários das florestas africanas. Estima-se que foram descobertos há cerca de 2 mil anos e podem ser encontrados nas florestas de países como: 

  • Angola; 
  • Camarões; 
  • Gabão; 
  • Namíbia; 
  • Ruanda,
  •  Zaire e outros.

Eles se dividem em grupos; são eles: 

  • Aka, 
  • Baka, 
  • Mbuti (os mais conhecidos)  
  • Twa. 

Cada um desses com características culturais particulares, assim como o idioma e a diferente maneira de caçar.

Segundo especialistas, uma das razões desses povos terem baixa estatura é justamente o pouco contato com a luz solar, e por isso a pouca absorção de vitamina D, que auxilia no fortalecimento dos ossos. 

Além disso, segundo uma lenda, os pigmeus já eram muito altos. Contudo, eles foram expulsos do local onde viviam e passaram cerca de 3 mil anos sem contato com a luz do sol, o que fez com que não crescessem.

Como vivem os Pigmeus?

Os pigmeus são caçadores exemplares. Por isso, sobrevivem da caça, da fabricação de mel e da venda da cerâmica que fazem artesanalmente. 

Suas vestimentas são compostas por panos e alguma roupa que ganham ou trocam com sociedades vizinhas.

Eles são capazes de promover a sua própria subsistência, pois da floresta tiram o seu sustento, desde alimentos até à sua medicina.

Extinção

Apesar da sua autossustentação, inúmeros problemas ameaçam os pigmeus. Além disso, nos últimos anos eles têm de conviver com problemas raciais, de nutrição e de saúde.

Ademais, eles estão sendo obrigados a deixar os seus territórios nas florestas por conta dos projetos de conservação das florestas. 

Esses projetos prejudicam a colheita de frutos nesse ambiente para alimentação e até mesmo o recolhimento de ervas para tratamento de enfermidades. 

As florestas africanas possuem um arsenal de madeira, o que chama as madeireiras para essas regiões, prejudicando severamente os pigmeus. 

O povo então passa a ser escravizado pelos comerciantes de madeiras ou pelos fazendeiros agropecuários que tomam conta da região. 

Vale destacar que boa parte dessas florestas não estão protegidas com o reconhecimento de terra de povos indígenas. Desse modo, os pigmeus podem perder os direitos sobre as terras e serem marginalizados.

Obrigados a abandonar suas comunidades, eles perdem a sua independência e  sustento. 

Além disso, eles não recebem nenhum suporte governamental e acabam caindo na pobreza, além de conviver com a discriminação.

Os pigmeus acabam sendo vítimas de canibalismo e de estupros. Por fim, anos após anos os pigmeus acabam perdendo sua identidade cultural milenar.

E então, gostou de saber um pouco mais sobre os pigmeus?

Não deixe de ler também – Geografia: 3 desertos incríveis da África

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.