Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Geografia: 3 desertos incríveis da África

Um terço do vasto continente africano é coberto por desertos. Essas regiões se formam quando as mudanças climáticas regionais resultam em condições de seca de longa duração. Eles normalmente recebem menos de 30 centímetros de precipitação por ano.

Os desertos da África são o lar de algumas das paisagens mais extremas e condições severas da Terra. De montanhas vulcânicas a dunas de areia e formações rochosas de calcário, os desertos oferecem uma combinação de beleza impressionante e maravilhas geológicas.

Conheça três deles!

Deserto do Saara

Com uma área de cerca de 3,5 milhões de milhas quadradas, o Deserto do Saara é o maior deserto quente do mundo e se estende por quase uma dúzia de países no Norte da África (Argélia, Chade, Egito, Líbia, Mali, Mauritânia, Marrocos, Níger, Saara Ocidental, Sudão e Tunísia).

As fronteiras geográficas do Saara incluem as Montanhas Atlas e o Mar Mediterrâneo ao norte, uma região de transição chamada Sahel ao sul, o Mar Vermelho ao leste e o Oceano Atlântico ao oeste.

A saber, o Saara não consiste em um deserto vasto e uniforme. Tem várias regiões, cada uma das quais experimenta diferentes chuvas, temperaturas, solos, flora e fauna. O terreno, que apresenta montanhas vulcânicas, planícies, planaltos rochosos, oásis , bacias e dunas de areia, varia entre as regiões.

A grande região central do Saara é caracterizada por pouca chuva, dunas de areia, planaltos rochosos, planícies de cascalho, salinas e vales secos. A região de estepe do sul do Saara recebe mais chuvas anuais e pode conter gramíneas e arbustos sazonais. Além do rio Nilo, os rios e riachos do Saara aparecem sazonalmente.

O Saara possui um dos ambientes mais hostis do planeta e, consequentemente, uma pequena densidade populacional. Estima-se que 2,5 milhões de pessoas vivam nos 3,5 milhões de milhas quadradas do Saara – menos de uma pessoa por milha quadrada. A maioria dos habitantes da região se reúne em áreas onde a água e a vegetação podem ser encontradas com mais facilidade.

Deserto da Líbia

O deserto da Líbia, estendendo-se da Líbia por partes do Egito e noroeste do Sudão, constitui a região nordeste do Deserto do Saara. O clima extremo, assim como ausência de rios o tornam um dos mais secos e áridos do mundo.

O enorme deserto árido cobre cerca de 420.000 milhas quadradas, além disso, inclui uma variedade de paisagens. Cadeias de montanhas, planícies de areia, planaltos, dunas e oásis podem ser encontrados em várias regiões do deserto da Líbia.

Uma dessas regiões, a saber, o Deserto Negro, contém campos vulcânicos. A paisagem pedregosa do Deserto Negro é o resultado de fluxos de lava.

Deserto Danakil

O deserto de Danakil é considerado um dos lugares mais baixos e quentes da Terra – há quem diga que trata-se do local mais cruel do mundo pelo calor. Localiza-se no sul da Eritreia, nordeste da Etiópia e noroeste de Djibouti,

A saber, o Danakil recebe menos de uma polegada de precipitação anualmente com temperaturas acima de 122º C. As principais características são seus vulcões, salinas, assim como lagos de lava.

O deserto de Danakil encontra-se na Depressão Danakil, uma depressão geológica formada pela junção de três placas tectônicas. Os movimentos dessas placas criam lagos de lava, gêiseres, fontes termais, além disso, resultam em paisagens rachadas da região.

E então, gostou de conhecer estes três desertos incríveis da África?

Não deixe de ler também – Cadeia montanhosa: Características da Cordilheira dos Andes

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.