Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Tópicos importantes sobre o monoteísmo 

O monoteísmo consiste em acreditar na existência de apenas um único deus. Vale destacar que as três religiões mais populosas monoteístas do mundo são o judaísmo, cristianismo e o islamismo.

O monoteísmo poderá aparecer em questões de vestibulares e no Enem. Por isso acompanhe o artigo e saiba mais sobre o assunto! 

Origem do monoteísmo

O termo monoteísmo vem da junção de duas palavras gregas. Mono que significa único, um; já Theo significa deus.

Para as três maiores religiões monoteístas elas têm em comum a mesma fonte, a Bíblia. Igualmente reconhecem Abraão como o pai comum de todas elas. 

Portanto, essas religiões também são chamadas como abraâmicas ou religiões do Livro.

Abraão teria nascido em Ur Kásdim, na Caldeia, uma localidade onde predominava o culto a diversas divindades. Contudo, ele intuía que só existia um único deus, sendo ele chamado para conduzir o seu povo a terra prometida.

No islamismo, Abraão é conhecido como Ibrahim, e do seu filho com a concubina Agar, Ismael, descendem os muçulmanos.

Desse modo, as escrituras do Antigo Testamento são primordiais para compreender quais são as características deste deus único. Podemos destacar:

  • Deus é a fonte de todo ser humano;
  • Ele é livre, forte e soberano;
  • Possui eternidade e sempre existiu, afinal ele quem criou tudo e todos;
  • Existe um limite entre a humanidade e Deus, que não se confundem;
  • Deus envia profetas para revelar suas vontades.

Monoteísmo na História

Além do cristianismo, judaísmo e islamismo existem exemplos de monoteísmo em alguns períodos da História.

No Egito, o faraó Akhenaton, pai de Tutancâmon, tentou determinar o culto de um único deus, durante o seu reinado.

Já o profeta Zaratustra ou Zoroastro, organizou o monoteísmo, na Pérsia. Formando uma religião que defende as escolhas entre o “bem e o mal”. 

Além disso, acredita na existência do Paraíso, na ressurreição e na vinda de um messias. Ainda há remanescentes de comunidades zoroastristas na Índia.

Durante o Império Romano, o imperador Constantino tentou acalmar os cristãos e pagãos estabelecendo o culto ao Deus-Sol, tendo o dia de adoração aos domingos.

Os Yazidís, que pertencem a etnia curda, são uma uma comunidade que vive no Iraque e adoram um único deus, e o seu representante na terra seria Melek Taus.

Estatísticas

De acordo com algumas estatísticas, as religiões monoteístas são as que têm o maior número de adeptos em todo o planeta. 

Desse modo, estima-se que elas contam com cerca de: 

  • O judaísmo conta com cerca de 15 milhões de pessoas; 
  • O islamismo com 1,6 bilhões de fiéis  
  • Já o cristianismo concentra 2,3 bilhões de adeptos.

Mesmo o monoteísmo sendo maioria no mundo, hoje em dia, as religiões politeístas também estão crescendo. Sobretudo aquelas que existem antes do cristianismo.

E então, gostou de saber um pouco mais sobre o monoteísmo?

Não deixe de ler também – Filmes que retratam o horror do Holocausto

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.