Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Tópicos importantes sobre o antropocentrismo 

O antropocentrismo surgiu na Europa no final da Idade Média e considera o homem o centro dos cosmos. 

Trata-se de um conceito filosófico que exalta a importância do homem como um ser dotado de inteligência e por isso ele é livre para realizar suas ações no planeta. 

Desse modo, o antropocentrismo acaba sendo um conjunto de ideias onde o homem é o centro no campo cultural, da ciência e na sociedade, aparecendo como a principal referência para entender o mundo. 

Para este conceito filosófico os seres humanos são racionais, críticos e questionam sua realidade, assim como são responsáveis pelos seus pensamentos e ações. 

Além disso, os seres humanos buscam encontrar a verdade por meio de análises e de método racional e científico, munido de provas e explicações pautadas na matemática. 

Ao se libertar das teorias religiosas, o homem começa a refletir, criar, espalhar e fabricar conhecimento de outra maneira, sendo responsável por descobertas científicas, assim como o surgimento do individualismo. 

O tema poderá aparecer em questões do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e demais vestibulares. Por isso aprender mais sobre o antropocentrismo é importante para ir bem nas avaliações, acompanhe o post e saiba mais! 

Teocentrismo

O teocentrismo é um conceito ligado à religião, e tem como objetivo explicar fenômenos naturais através da vontade de um ser superior.

Ademais, a sociedade, em seu aspecto social, cultural e econômico, é baseada na vontade de Deus. 

Para se ter uma ideia, o teocentrismo teve grande disseminação ao longo da Idade Média, quando a religião possuía um forte poder na sociedade. 

Humanismo e antropocentrismo

Durante os séculos XV e XVI, o continente europeu acabou passando por grandes transformações econômicas e sociais. Dentre as principais estão: 

  • As grandes navegações 
  • Invenção da imprensa
  • Reforma protestante 
  • Declínio do sistema feudal 
  • Surgimento da burguesia 
  • cientificismo 
  • Entre outros 

O humanismo renascentista também surgiu, assim como o antropocentrismo como parte do movimento. 

Nesse contexto os cientistas tinham como objetivo trazer à tona questões fundamentadas no cientificismo empirista.  

Além disso, o antropocentrismo marcou o fim do feudalismo e o começo do capitalismo, assim como o fim da Idade Média e a chegada da Idade Moderna. 

Em geral, no antropocentrismo a literatura, pintura, música, movimentos artísticos de modo geral, assim como a filosofia se baseiam nessa nova visão de mundo, criando suas próprias obras. 

Por fim, os humanistas por sua vez pediram a inclusão de disciplinas no mundo acadêmico, ponto primordial para o desenvolvimento de uma nova mentalidade filosófica, literária, artística, humana e científica.

E então, gostou de saber um pouco mais sobre o assunto?

Não deixe de ler também – 5 séries para estudar a Idade Média: confira!

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.