Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Terceira Geração Modernista: os principais autores

Conheça os principais autores da última fase do Modernismo brasileiro

Terceira Geração Modernista: conheça os principais nomes

A terceira geração modernista caracteriza a última fase do Modernismo brasileiro, que se inicia no ano de 1945 e termina na década de 80. 

Os autores dessa geração, também denominada de “geração de 45”, são extremamente abordados por questões de português das principais provas do país, com um destaque para aquelas dos vestibulares, dos concursos e da prova do ENEM. 

Assim, para te ajudar, o artigo de hoje trouxe um resumo com as principais características dos principais autores da terceira geração modernista. 

Terceira Geração Modernista: Guimarães Rosa

A literatura de João Guimarães Rosa produziu uma interessante experiência linguística, uma vez que revitalizou os recursos da expressão poética, mesclada à prosa, e utilizou uma série de neologismos. O uso desses últimos tinha como objetivo captar e imortalizar os valores humanos e culturais das regiões retratadas. 

As experiências semânticas e as invenções da linguagem de Guimarães Rosa têm como objetivo recuperar a musicalidade e o modo de expressão da fala sertaneja. 

A principal temática desse ator é a análise do homem fora da sociedade capitalista, o homem sertanejo, com suas crenças, sua sensibilidade, suas práticas e sua linguagem. 

Dentre as principais obras de Guimarães Rosa, podemos citar: Primeiras Estórias, Grande Sertão: Veredas, Manuelzão e Miguilim e Sagarana.

Terceira Geração Modernista: João Cabral de Melo Neto

João Cabral de Melo Neto é considerado o poeta de destaque da terceira geração modernista. Um dos traços marcantes da sua produção poética provém de seu senso de exatidão do significado da palavra, o que lhe permitiu fazer uma poesia precisa e concisa. De posse dessa técnica, o autor controlou a sentimentalidade e a subjetividade, equilibrando, dentro dos seus textos, a forma e o conteúdo. É justamente devido a esse aspecto que Melo Neto é denominado de “poeta engenheiro”. 

Atento à construção do texto, João Cabral de Melo Neto criou versos metalinguísticos e poemas de caráter social que tinham como objetivo revelar as más condições de vida dos nordestinos, tema de sua obra-prima Morte e Vida Severina.

Terceira Geração Modernista: Clarice Lispector

Clarice Lispector nasceu na Ucrânia e estreou na literatura aos dezessete anos de idade, com o romance Perto do coração selvagem.

A partir da exploração do fluxo de consciência, Lispector criou um novo sentido e realidade: não mais aquela ligada ao acontecimento, mas sim ao desenrolar dos pensamentos. 

Dentre as principais obras de Clarice Lispector, podemos citar: Laços de família, A maçã no escuro, A paixão segundo G.H. e A hora da estrela.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.