Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (3 votes)

Sua TV gasta muita energia? Confira algumas dicas de redução

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que cerca de 96% dos domicílios brasileiros possuem TV. Por ser um dos eletros mais adquiridos, o aparelho também está no ranking dos que consomem mais energia. Sabendo disso, confira algumas dicas para reduzir o valor da sua conta de luz usando a televisão.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que cerca de 96% dos domicílios brasileiros possuem TV. Por ser um dos eletros mais adquiridos, o aparelho também está no ranking dos que consomem mais energia. Sabendo disso, confira algumas dicas para reduzir o valor da sua conta de luz usando a televisão.

Medidas para te ajudar a diminuir o consumo

Calcule o gasto da sua TV

Parece complicado, mas é bem simples. Basta verificar a potência do seu aparelho em Watts (W) no manual, multiplicar pelo número de horas utilizadas (h) e pelo número de dias utilizados no mês. Depois, é preciso dividir por mil e multiplicar pela tarifa de energia. A ação ajuda controlar a utilização do aparelho e reduz os gastos.

Alterar configurações e brilho automático

Nas TVs com um sistema mais inteligente é possível acessar as configurações e desativar a opção de início rápido, que deixa o aparelho em segundo plano consumindo mais energia. Outra ferramenta é ativar o controle automático do brilho da tela. Tais ações ajudarão na economia.

Evitar dormir com a TV ligada

Às vezes, controlar o sono quando se está cansado e assistindo na TV é difícil. Pensando nisso, alguns modelos possuem um recurso de programação que determina o desligamento do aparelho depois de certo tempo ou em determinada hora. Dormir com a televisão ligada pode gerar altos custos.

Orientações para quando for compra uma TV

  1. Verifique a eficiência energética

Em primeiro lugar, o consumidor deve verificar a classificação energética do aparelho antes de comprá-lo. Para isso, basta recorrer ao selo Procel e a ENCE, Etiqueta Nacional de Conservação de Energia. Os níveis de consumo vão de A (menor) a G (maior).

  1. Atente-se ao modelo da TV

Escolher o modelo certo de TV também pode poupar o consumo de energia. Em geral, modelos LED e LCD costumam ser acessíveis e mais econômicos em comparação com TVs de plasma. Todavia, as LEDs em relação as OLEDs são bem menos comunistas, embora menos tecnológicas.

  1. Escolha o tamanho ideal conforme o ambiente

É muito importante escolher o tamanho da TV segundo o tamanho do ambiente. Isso impede que televisões maiores sejam adquiridas sem necessidade, lembrando que quanto maior for o aparelho mais elevado será o consumo de energia.

5/5 - (3 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.