Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

SP suspende cultos religiosos, campeonatos esportivos e entra em fase emergencial da quarentena

O governo de São Paulo anunciou nesta quinta (11) que todo o estado foi colocado em fase emergencial da quarentena para frear o avanço da Covid-19 na região. As medidas passam a valer no dia 15 e devem durar até 30 de março.

fase emergencial SP quarentena
Novas regras da fase emergencial no estado de SP — Foto: Reprodução/Governo de SP

Foram suspensas atividades como cultos, missas e eventos esportivos. No caso dos cultos religiosos, apesar das orações coletivas não serem permitidas, as igrejas seguirão abertas.

Escolas particulares poderão receber até 35% da capacidade de alunos, mas a recomendação do governo é para que o ensino remoto seja priorizado, de modo a diminuir a circulação de pessoas nas ruas. Já os colégios da rede pública abrirão apenas para oferta de merenda e distribuição de material escolar, que deve ser solicitada com agendamento prévio.

“Eu quero lembrar que nós não estamos fazendo lockdown, nós estamos fazendo uma fase emergencial. Lockdown é a última das últimas medidas, aquela em que você não pode sair de casa em nenhuma circunstância”, disse o governador João Doria (PSDB).

Além da suspensão de serviços, o governo também anunciou o toque de recolher das 20h às 5h em todo o estado de São Paulo.

“Nós temos muitos trabalhadores informais que ainda saem e se descolam muitas vezes próximo do horário das 20h, retornando pra suas casas. Então, dessa forma, fazer lockdown seria uma situação de guerra, ou estado de sítio, isso não é o que nós queremos. Nós queremos que as pessoas tenham essa consciência de que não devam sair, por isso toque de recolher, que se recolham, respeitando esses horários”, completou o secretário estadual da Saúde, Jean Gorinchteyn.

O que abre na fase emergencial da quarentena em SP

  • Escolas privadas, com 35% da capacidade
  • Hospitais, clínicas, farmácias, dentistas e estabelecimentos de saúde animal (veterinários)
  • Supermercados, hipermercados, açougues e padarias, lojas de suplemento, feiras livres
  • Delivery para bares, lanchonetes e restaurantes
  • Cadeia de abastecimento e logística, produção agropecuária e agroindústria, transportadoras, armazéns, postos de combustíveis
  • Empresas de locação de veículos, oficinas de veículos, transporte público coletivo, táxis, aplicativos de transporte, serviços de entrega e estacionamentos
  • Serviços de segurança pública e privada
  • Construção civil e indústria
  • Meios de comunicação, empresas jornalísticas e de radiodifusão sonora e de sons e imagens
  • Outros serviços: lavanderias, serviços de limpeza, hotéis, manutenção e zeladoria, serviços bancários (incluindo lotéricas), serviços de call center, assistência técnica e bancas de jornais.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.