Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

São Paulo lança programa para combater a evasão escolar na rede municipal

Na tarde de ontem, dia 3 de setembro, a prefeitura de São Paulo lançou um programa de combate à evasão escolar na rede municipal. O objetivo é de reforçar as ações de enfrentamento à evasão nas unidades de ensino da capital.

Desse modo, a rede municipal vai aderir ao plano de busca ativa desenvolvido pelo Unicef. Por meio de plataforma, será possível acompanhar os alunos que correm mais risco de abandonar as escolas e os estudos.

No lançamento do Programa de Combate à Evasão Escolar na Rede Municipal, o prefeito da capital, Ricardo Nunes, ressaltou que é um desafio que cerca metade dos alunos matriculados nas escolas municipais se encontrem em situação de pobreza ou extrema pobreza. Esse fator agravaria o risco da evasão escolar já que muitos adolescentes deixam a escola para tentar complementar a renda familiar.

Mães de alunos atuarão na busca ativa

A busca ativa proposta pelo Unicef envolve a busca efetiva na casa dos alunos. Desse modo, a prefeitura prevê a contratação de 70 mães de alunos para ir à casa de crianças e adolescentes mais suscetíveis a evadir.

Além disso, a nova ação irá usar dados do Programa de Saúde da Família, com 14 mil visitas nas residências, e o trabalho das equipes de assistentes social que visitam 62 mil famílias por mês.

“É uma ação conjunta das secretarias municipais para a prevenção da evasão escolar. Há ainda o acordo com o Instituto Liberta para compartilhar conhecimento e planejar ações contra a violência sexual contra crianças e adolescentes, um dos motivos que podem provocar evasão escolar”, afirmou o prefeito de SP.

O secretário municipal de Educação de SP, Fernando Padula, afirmou ainda que, além das mães, serão contratados 39 estagiários. “As escolas têm feito ainda o trabalho de manter o vínculo, garantindo a alimentação dos alunos para manter a segurança alimentar”, disse ele.

Com informações da Agência Brasil.

E aí? Gostou do texto? Então deixe aqui o seu comentário!

Leia STF determina que Inep reabra prazo para pedidos de isenção da taxa do Enem 2021.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.