Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.4/5 - (14 votes)

SAIU! Bolsonaro publica decreto com valores do Auxílio Brasil. Até R$600!

Pelo decreto do Presidente, já é possível saber quanto cada benefício do Auxílio brasil vai pagar para as famílias carentes

O Presidente Jair Bolsonaro publicou um decreto regulamentando o Auxílio Brasil. Esse documento mostra uma série de informações como os valores de cada um dos benefícios do programa em questão. A ideia é que essa definição possa ajudar as pessoas a entenderem o tamanho do projeto.

Veja também: Novo auxílio de R$271 em 4 parcelas

Assim como o Bolsa Família, o Auxílio Brasil vai contar com uma série de pagamentos dentro de um só. Então o valor que cada pessoa vai receber nada mais é do que a soma de todos esses benefícios. De acordo com o Ministro da Cidadania, João Roma, em alguns casos, alguns usuários poderão receber até R$ 600 por mês.

O valor mínimo, no entanto, é de R$ 400. Pelo menos essa foi a promessa do próprio Presidente Jair Bolsonaro. De acordo com ele, todos os 17 milhões de usuários do Auxílio Brasil irão receber pelo menos esse montante todos os meses. Pelo menos é isso o que vai acontecer caso o Congresso Nacional aprove a PEC dos Precatórios.

Três benefícios formam o núcleo básico do novo Bolsa Família. O da Primeira Infância, por exemplo, vai pagar todos os meses um valor de R$ 130. Os brasileiros que recebem são aqueles que moram em casas com crianças de até 3 anos incompletos. Cada família vai poder ganhar até cinco vezes esse montante.

O Benefício da Composição Familiar vai ser de R$ 65. Ele vai para famílias que tenham gestantes ou pessoas entre 3 a 17 anos incompletos de idade. Ele é cumulativo. Isso quer dizer, portanto, que o Governo vai pagar a soma da quantidade de indivíduos que se encaixam nessas regras. O limite é de cinco indivíduos.

O que muda com o decreto?

Nas redes sociais, muita gente está perguntando o que muda no Auxílio Brasil com a publicação desse novo decreto pelo Presidente Jair Bolsonaro. A verdade, no entanto, é que pelo menos na essência o projeto continua igual.

Segue valendo a ideia de que o Governo vai precisar aprovar a Medida Provisória (MP) do projeto que segue na Câmara dos Deputados. O texto, aliás, ainda nem foi apresentado pelo relator Marcelo Aro (PP-MG).

Aliás, também segue valendo a regra de que o Governo ainda não tem o dinheiro para fazer esses pagamentos. De acordo com o Ministro da Economia, Paulo Guedes, isso só vai acontecer depois que o Congresso Nacional aprovar a PEC dos Precatórios.

Quando começa o Auxílio Brasil?

O plano do Governo Federal é começar os pagamentos do Auxílio Brasil no próximo dia 17 já deste mês de novembro. Nesta primeira liberação, no entanto, o benefício ainda não estará turbinado. Pelo menos é o que se sabe até aqui.

Para novembro, o Governo Federal vai fazer os pagamentos apenas para os 14,6 milhões de brasileiros que já estavam recebendo o Bolsa Família em outubro. Apenas eles entrarão no novo projeto neste primeiro momento.

Isso não quer dizer que usuários novatos não poderão entrar no projeto. Isso vai poder acontecer a partir do mês de dezembro. Isso ainda considerando que o Congresso Nacional vai aprovar a PEC dos Precatórios.

3.4/5 - (14 votes)

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

6 Comentários
  1. Fátima aparecida oslvoldo dos santos Diz

    Meu nome fatimá fiquei em capacitada de trabalha na dodô de dereito mais tem 59 anos não tenho nem uma renda o nnss já negou o meu oucixilio doendoenca não dengo auxílio tinha mais tirou porque estou pagando onnss paver se conseguo me aposentar por idade Atela viro mertigo

  2. Daiana Diz

    Meu bolsa família tá bloqueado , fui fazer meu cadastro em março para desbloquear . Mas ainda não desbloqueou , quero saber se eu vou ter direito de receber o auxílio Brasil

  3. Yracema Diz

    Muitas famílias foram acordadas do bolsa família aí vão da esse auxílio Brasil só pra quem do bolsa família e as outras pobres qui o Bolsonaro mandou corta eu tinha 5 filhos no bolsa família só recbia 102 dos 5 aí cortarao eu n tenho trabalho de carteira assinada j trabalhaei tanto n vida mas nunca assinarao minha carteira e a gora vou passa fome dinovo porque n tenho bolsa família n tenho trabalho e sou mãe solteira faço diária guando apareci mas n deixo meus filhos por nada nesse mundo

  4. Maria ivone dos santos Diz

    Muito bom os produtos

  5. a Diz

    As pessoas que têm o cadunico, porém, não tem o bolsa e ninguém trabalha não receberá mais nenhum benefício. Acho que todos que tem o cadunico deveria receber o benefício sem precisar ir até o local para se inscrever. Porque temos que arriscar a vida, chegando no local no meio da noite

  6. Carlos Eduardo souza Diz

    Bom tarde !
    E o 14 salário para aposentados do inss

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.