Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Saiba como voltar a receber o auxílio de R$ 600 ou R$300 seguindo este passo a passo

Os beneficiários do programa Bolsa Família que tiveram o pagamento do auxílio emergencial (R$600 ou R$300) cancelado poderá realizar a contestação do corte ao Governo. De acordo com o Ministério da Cidadania, pasta que gerencia os cadastros e pagamentos, o pedido de revisão será aceito até a próxima segunda-feira, 30 de novembro.

De acordo com o Governo, quem não estiver no programa Bolsa Família, como, por exemplo, inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) e também o público fora dele, que receberam as cinco parcelas do auxílio de R$ 600 e foram considerados inelegíveis para as parcelas restantes, têm até o dia 29 de novembro para fazer a contestação.

Como contestar?

Para realizar o pedido de contestação não é necessário se dirigir a nenhuma agência da Caixa, lotérica ou posto de atendimento do Cadastro Único. É preciso:

  • Acessar o site da Dataprev
  • Fazer o login
  • Clicar no botão “Acompanhe sua solicitação”
  • Depois que você confirmar seus dados, vai aparecer na página o motivo da recusa
  • Haverá uma opção para contestação
  • Faça a solicitação e aguarde

Auxílio emergencial cancelado

O Ministério da Cidadania confirmou que, ao cruzar informações dos beneficiários com dados de outras bases, encontrou inconsistências no pagamento do benefício, no que se referente aos requisitos para recebido do auxílio.

“Em alguns casos, a situação de quem fez o pedido pode ter mudado e a base de dados ficou desatualizada. Por isso, o Governo Federal dá a oportunidade para as pessoas entrarem no site da Dataprev e contestarem o cancelamento. É o caso, por exemplo, de pessoas que estavam recebendo o seguro-desemprego, deixaram de receber esse benefício e passam a ter direito ao auxílio emergencial”, disse Nilza Emy Yamasaki, secretária nacional do Cadastro Único do Ministério da Cidadania.

Entre os principais motivos para cancelamento estão:

  • CPFs irregulares;
  • rendimentos acima do limite estabelecido pelo governo;
  • beneficiários com cargos eletivos, militares ou em serviços públicos.

Veja também: ‘Pergunta para o vírus’, responde Bolsonaro sobre prorrogação do auxílio de R$300

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
14 Comentários
  1. Antônia Lucia Morais de Lima Diz

    Recebi 2 parcelas de 250 reais e as outras foram bloqueadas gostaria de saber pq?

  2. Carlos Henrique Diz

    O meu está aprovado,recebi só uma parcela de 600 e bloqueou..
    Tive que entrar nas justiça pra ter direito,pelo visto terei que entrar novamente vergonhoso isso

  3. Não interessa Diz

    Continua sem poder contestar. Vamos trabalhar, DataPrev?!

  4. Valdecila Fernandes de Oliveira Diz

    me bloquearam dizendo que mais gente da familia ta recebendo o auxilio ,mas sou separada do meu marido e so eu e meu filho recebia ,como faco pra desbloquear

  5. André Luis de oliveira Diz

    Nunca consigo a Dataprev gela que estar passando por uma atualização nunca consigo contestar

  6. Gmg Diz

    E quando vc está aprovado para a extensão do auxílio emergencial e pela dataprev o valor já foi enviado para a caixa e a mesma não depositou na data do calendário e diz que não tem pagamento liberado para o CPF ? O que fazer? Pois a caixa esta se negando a pagar os aprovados pela dataprev. Tudo isso é muito vergonhoso ROUBAR de pobre!😓

  7. Camila Duarte fernandes Diz

    Não consigo contestar o meu auxílio sou do bolsa família recebi o auxílio mais a extensão não recebi e agora não consigo nem contestar.

  8. pericles marciano elias Diz

    minha ex espoça me colocou como membro da familia mais so que nao estou com ela e como faço pra receber enves dela

  9. Edinalva Bezerra da Silva Diz

    Até agora eu só recebi uma parcela quando entro
    NA dataprev fala que foi aprovada e as parcelas estão
    Previstas não sei pra quando gostaria muito de saber?

  10. Wagner Rodrigues Sartori Diz

    Não está disponível essa opção nada nada poxa,

  11. Juliana Gonçalves De Araújo Diz

    Essa dataprev não analisa nada direito, eu sou chefe de família, desempregada, estou dentro de todos os requisitos,e não aprovou meu auxilio..absurdo ,estou revoltada ..

  12. Rosane otto Diz

    Esse auxílio deveria continuar para as mães chefe de família

  13. Karine Diz

    Infelizmente quando aperta data prev só aparece a opção de preencher os dados e não sai disso

    1. Nadia Diz

      Verdade eu tb nao consegui

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.