Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Saiba como lidar com a volta ao trabalho

A volta ao trabalho presencial é um tema que não é unânime entre as empresas, há aquelas que planejam que todos os funcionários voltem para o presencial todos os dias, outras pensam num modelo híbrido e há ainda aquelas que planejam manter o home office. Neste cenário, você sabe se vai voltar ao trabalho presencial? Já está atuando nesta modalidade? Como lidar com está volta? Veja abaixo algumas dicas.

A pandemia não acabou

Apesar da imunização contra Covid-19 estar avançado, a pandemia ainda não acabou. E está é uma importante dica para não esquecer caso precise voltar para o trabalho presencial ainda este ano ou caso já tenha voltado.

Veja também: ‘Se Congresso derrubar veto, vou tirar dinheiro da Educação e da Saúde’, destaca Bolsonaro

Use máscara no trabalho

Importante não esquecer de usar máscara, prefira modelos como a PF2 ou a Máscara N95.

Além disso, é preciso ter cuidado com a hora de trocar a máscara, se houver sujeira aparente ou umidade é hora de trocá-la. A recomendação é que não fique mais do que duas a três horas usando a mesma, independente do modelo escolhido.

Cuidada com as mãos

Evite o contato com boca, nariz e principalmente olhos não só no trabalho. Muitas pessoas acabam se descuidando com os olhos, mas saiba que por meio dele também é possível se infectar. Por isso, evite levar a mão até um desses locais e em caso de coceira ou necessidade de tocá-los a recomendação é que você utilize álcool em gel.

Hora do almoço e café no trabalho

É importante que haja um revezamento da equipe para evitar aglomerações, além disso opte por locais mais ventilados e locais abertos. No caso da copa é importante que menos pessoas  estejam no ambiente ao mesmo tempo, uma boa recomendação é pedir horários de pausas alternativos.

A empresa precisa fazer sua parte

É recomendado que na volta ao trabalho as empresas não deixem de fazer a sua parte lidando tanto com a disposição dos móveis com certa distância, como também com a higienização do local de trabalho em prefeitas condições.

Uma lei em vigor inclusive impede que grávidas sejam obrigadas a voltar ao trabalho presencial. Desta forma, nos casos que não é possível o trabalho home office, muitos empresários tem entrado na Justiça para solicitar que os custos sejam do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e não diretamente da empresa.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.