Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4.5/5 - (2 votes)

Saiba como consultar o número PIS por meio do CPF

Os trabalhadores que têm direito ao seguro-desemprego, Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e abono salarial precisam saber o número do PIS para receber o benefício. Sendo assim, hoje é possível consultar a identificação do documento por meio de uma consulta simples no site Meu INSS utilizando o CPF.

Para verificar o número PIS por meio do CPF basta acessar o site Meu INSS, clicar em “Entrar com gov.br”. O usuário precisa digitar o CPF e selecionar a opção “continuar” ou criar um cadastro. Após acessar a conta, o trabalhador deve clicar em “Meu cadastro” na página inicial, onde será possível conferir os dados como nome, CPF e NIT/PIS.

Entenda o PIS/Pasep

Todos os trabalhadores registrados no regime CLT em empresas privadas possuem o número PIS, que é a sigla para Programa de Integração Social. Já os funcionários públicos possuem o número Pasep. Ambos os benefícios funcionam como um “14º salário” pago aos trabalhadores de baixa renda e o valor pago pode chegar a até um salário mínimo, variando de acordo com o tempo trabalhado.

O calendário para saque do PIS é divulgado pela Caixa Econômica Federal, já o Pasep é elaborado pelo Banco do Brasil. Assim como o FGTS, o calendário para pagamento do PIS funciona de acordo com o mês de nascimento dos trabalhadores e possui uma data limite para resgate. Já o Pasep é pago de acordo com o último número da inscrição do servidor público.

Além da possibilidade de consultar o número PIS pelo site “Meu INSS”, os trabalhadores podem consultá-lo na Carteira de Trabalho e Previdência Social, holerite de pagamento e extrato do FGTS e o cartão Cidadão. A identificação do documento também pode ser consultada em agências da Caixa (PIS) ou Banco do Brasil (Pasep).

Veja quanto deve receber cada trabalhador

É importante saber que o abono do PIS/Pasep é pago aos trabalhadores no valor de um salário mínimo para quem trabalhou todos os 12 meses no ano-base. Apesar disso, quem trabalhou por menos tempo deve receber os valores proporcionais ao período trabalhado. Ademais, o abono salarial é pago de acordo com o salário mínimo vigente, ou seja, quem trabalhou em 2020 deve receber o valor do salário mínimo de 2022.

Quantidade de meses trabalhadoValor a receber
Um mêsR$ 100
Dois mesesR$ 199
Três mesesR$ 298
Quatro mesesR$ 398
Cinco mesesR$ 497
Seis mesesR$ 597
Sete mesesR$ 696
Oito mesesR$ 795
Nove mesesR$ 895
Dez mesesR$ 1.000
Onze mesesR$ 1.093
Doze mesesR$ 1.192

Por conta de uma decisão do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), o pagamento do PIS e do Pasep de 2020 só será feito em 2022. O calendário de pagamento ainda não foi liberado pelos órgãos responsáveis, mas deve seguir a mesma lógica dos anos anteriores.

Desse modo, o PIS deve ser liberado de acordo com a data de nascimento dos beneficiários. Já os beneficiários do Pasep devem receber de acordo com o último número da inscrição do servidor público. Além disso, a partir de 2022 todos os valores serão pagos no primeiro semestre de cada ano.

4.5/5 - (2 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

3 Comentários
  1. CRISTIANE APARECIDA DE OLIVEIRA Diz

    Meu marido começou a trabalhar de carteira assinada em 2016 ele tem direito ao pis esse ano?

  2. Murilo Gabriel Tobias Diz

    Sempre recebi meu bolsa dia 20 de dezembro por anos.agora hoje não recebi e ninguém me d a satisfação não precisa ser os 400 mas os 91 reais que preçisava para minha luz comida até o meu gás nem isso mas tenho por quê????

  3. Luzia aparecida fabbri Diz

    Eu quero sabe do comdo eu vou receber

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.