Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Resolução Nº 3.919 BCB – Normas Sobre Cobranças de Tarifas Bancárias

 Resolução nº 3.919 do BCB e a proibição de cobranças 

O Banco Central do Brasil, através da Resolução nº 3.919, de 25 de novembro de 2010, proíbe a cobrança de tarifas em algumas situações pertinentes à obrigatoriedade de prestação de serviços bancários. 

Sendo assim, é vedada a realização de cobranças na forma de tarifas ou de ressarcimento de despesas pela prestação de serviços bancários essenciais à pessoa física para algumas situações específicas. 

Confira algumas dessas situações, de acordo com a Resolução nº 3.919/2010

Decerto, é vedada às instituições mencionadas no art. 1º a cobrança de tarifas pela prestação de serviços bancários essenciais a pessoa física, assim considerados aqueles relativos a: 

Conta de depósitos à vista:

  • Fornecimento de cartão com função débito;
  • Fornecimento de segunda via do cartão referido na alínea “a”, exceto nos casos de pedidos de reposição formulados pelo correntista decorrentes de perda, roubo, furto, danificação e outros motivos não imputáveis à instituição emitente;
  • Realização de até quatro saques, por mês, em guichê de caixa, inclusive por meio de cheque ou de cheque avulso, ou em terminal de autoatendimento; 
  • Realização de até duas transferências de recursos entre contas na própria instituição, por mês, em guichê de caixa, em terminal de autoatendimento e/ou pela internet;
  • Fornecimento de até dois extratos, por mês, contendo a movimentação dos últimos trinta dias por meio de guichê de caixa e/ou de terminal de autoatendimento; 
  • Realização de consultas mediante utilização da internet;
  • compensação de cheques;
  • Fornecimento de até dez folhas de cheques por mês, desde que o correntista reúna os requisitos necessários à utilização de cheques, de acordo com a regulamentação em vigor e as condições pactuadas; 
  •  Bem como, prestação de qualquer serviço por meios eletrônicos, no caso de contas cujos contratos prevejam utilizar exclusivamente meios eletrônicos.
Conta de depósitos de poupança:
  •  Fornecimento de cartão com função movimentação;
  • Fornecimento de segunda via do cartão referido na alínea “a”, exceto nos casos de pedidos de reposição formulados pelo correntista, decorrentes de perda, roubo, furto, danificação e outros motivos não imputáveis à instituição emitente;
  • Realização de até dois saques, por mês, em guichê de caixa ou em terminal de autoatendimento;
  • Realização de até duas transferências, por mês, para conta de depósitos de mesma titularidade;
  • Fornecimento de até dois extratos, por mês, contendo a movimentação dos últimos trinta dias;
  • Realização de consultas mediante utilização da internet. Bem como, prestação de qualquer serviço por meios eletrônicos.

Dessa forma, para conhecer todos os pontos amparados pela Resolução nº 3.919, consulte-a integralmente. 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.