Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Relacionamentos tóxicos no trabalho: como identificar?

Nem sempre é fácil identificar relacionamentos tóxicos no trabalho. Especialmente se você é uma das maiores vítimas desse problema, a identificação poderá ficar cada vez mais difícil. Afinal, “é preciso sair do furacão para enxergá-lo” – como já diziam alguns estudiosos.

Por isso, neste texto nós reunimos alguns sinais de que este problema pode estar presente no ambiente de trabalho, a fim de lhe ajudar na identificação.

Caso identifique, busque ajuda no RH da empresa, converse com um psicólogo e/ou contate um advogado, pois alguns casos podem configurar assédio moral.

Lembre-se de que este texto é informativo, e cabe a você ir atrás de mais informações a fim de buscar o que é seu por direito.

Como identificar relacionamentos tóxicos no trabalho?

Existem diversos sinais, dos mais sutis aos mais intensos, que podem ajudar a identificar os relacionamentos tóxicos no trabalho. Veja alguns desses sinais:

1. Desentendimentos que se transformam em verdadeiras “brigas”

Um ambiente de trabalho tóxico, por si só, costuma ser regado por desentendimentos e até brigas. Em casos mais graves, xingamentos e ofensas passam a ser trocadas entre os colaboradores. Este é um sinal bastante forte de que os relacionamentos não estão alinhados com o espaço corporativo.

2. Equipe desunida e com “segredos”

Uma equipe muito desunida também pode apresentar sinais de relacionamentos tóxicos no trabalho. Esses sinais ficam ainda mais intensos quando a equipe possui “segredos” entre os membros. É o caso de uma pessoa não querer contar a uma outra como se executa uma tarefa, mantendo isso escondido por “medo” de perder o cargo.

Além disso, quando o chefe conta algo importante, algumas pessoas podem esconder o fato para se sentirem especiais, dando a entender que elas estão acima das demais.

3. Cobranças excessivas e humilhantes

Seja entre colegas, ou entre líder e liderado, as cobranças excessivas, abusivas e humilhantes também servem de sinal de alerta. Afinal, o chefe não pode cobrar demandas que vão além do escopo de trabalho do sujeito. Além disso, xingamentos e humilhações, principalmente em público, são inadmissíveis no ambiente de trabalho, e resulta de relacionamentos tóxicos.

4. Fofocas constantes

Os colegas vivem fofocando e falando mal de todas as pessoas? Bom, isso pode ser mais um sinal de relacionamentos tóxicos no trabalho.

Se você tem percebido muita fofoca e muitos comentários ofensivos, preconceituosos e pejorativos, significa que as pessoas à sua volta podem estar nutrindo relacionamentos interpessoais nada saudáveis no ambiente corporativo.

5. Pessoas que mudam na frente de outras

Você tem colegas de trabalho que se transformam em outras pessoas diante do chefe? Daquele tipo que se afasta de você, faz comentários e piadinhas sem graça, etc.? Esse pode ser mais um forte sinal de que as relações estão fragilizadas. Afinal, a pessoa usa uma “máscara” quando está perto de você, e outra quando está perto do chefe. Cuidado.

6. Falta de reconhecimento

Você se esforça, coloca muita energia nas atividades que faz, porém, no fim, acaba não recebendo nenhum reconhecimento da equipe. Inclusive há colegas que roubam os créditos do trabalho. Saiba que esse é mais um dos sinais de relacionamentos tóxicos no trabalho. Fique atento.

 

Detectou esses sinais no seu trabalho? Busque os seus direitos e cuide da sua saúde mental. Boa sorte!

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.