Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Redação do Enem: termos e expressões que você deve evitar

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) serve como uma das principais portas de entrada no ensino superior. Desse modo, os estudantes se preparam durante todo o ano para realizar as provas, que são dividas por área. Uma das provas mais temidas do Enem é a de redação. No formato atual, a prova de redação é a única do Enem que é discursiva. 

Além de ser a única parte do exame que exige uma resposta discursiva, a redação do Enem exige que os participantes mobilizem uma série de conhecimentos culturais e linguísticos para a escrita de um bom texto. O objetivo é sempre de mandar bem nas cinco competências da redação do Enem

Desse modo, a escolha das palavras e a precisão vocabular são de suma importância para garantir um texto coeso, coerente e que esteja de acordo com o tema, sem acabar sendo tangencial. Além disso, a má escolha de termos e expressões pode prejudicar a qualidade do texto.

Pensando nisso, apresentamos abaixo algumas dicas de termos e expressões que você deve evitar na prova de redação do Enem.

Que expressões evitar na redação do Enem?

Em primeiro lugar, ao escrever a prova de redação, o participante deve estar atento ao nível de formalidade que o texto dissertativo-argumentativo exige. Ter em mente a adequação linguística vai tornar a escolha das palavras mais simples.

A redação do Enem exige que o participante demonstre seu conhecimento formal sobre a escrita em Língua Portuguesa. Portanto, o ideal em textos assim é evitar o uso de gírias e de expressões comuns ou próprias da linguagem coloquial como, por exemplo, “tipo assim”, “mano”, “barril”, entre outras. As gírias demonstram informalidade. Por isso, é melhor não usá-las em seu texto. 

Outro tipo de expressão que afeta negativamente a qualidade de uma redação são as expressões generalistas. As generalizações podem passar a impressão que o estudante não tem conhecimento sobre o tema. Portanto, evite usar expressões como “todos sabem”, “qualquer pessoa”, etc. As palavras que não demonstram precisão, como os termos “algo” e “coisa”, também devem ser evitadas. É preciso deixar claro sobre o que se fala na redação do Enem. Então, use termos precisos, que evitem margem para diversas interpretações.

Por fim, evite pleonasmos (ou redundâncias). Termos como “atualmente” seguido de orações com o verbo no presente acabam sendo redundantes. Esse também é o caso da expressão “a cada dia que passa”, já que todos os dias passam. Como essas expressões são naturalmente usadas na oralidade, é preciso ter bastante cuidado para não usá-las na escrita sem refletir sobre a sua inadequação ao contexto.

E aí? Gostou do texto? Então deixe aqui o seu comentário!

Leia também Citação direta e indireta: como citar de acordo com a ABNT; saiba mais.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.