Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Queimadas no Pantanal: um resumo para o ENEM!

Entenda de uma vez por todas esse tema!

Queimadas no Pantanal: vai cair na sua prova!

As queimadas no Pantanal vêm acontecendo com maior frequência nos últimos anos, especialmente devido à ações humanas. 

O aumento nas ocorrências faz com que esse assunto seja abordado frequentemente em questões de biologia e geografia das principais provas do país, com um destaque para o ENEM.

Assim, para te ajudar, o artigo de hoje trouxe um resumo com tudo o que você precisa saber sobre as queimadas no Pantanal.

Queimadas no Pantanal: causas

Especialistas afirmam que a principal causa do crescente aumento nas ocorrências de queimadas no Pantanal está relacionado à agropecuária, principalmente devido à criação de áreas de pastagem para a criação de gado. 

Ainda, essas queimadas são provocadas pelos homens com o objetivo de limpar o terreno para receber plantações, em especial aquelas de soja, que migraram com sucesso para a região. Os incêndios são provocados também para que o plantio de capim para alimentação do rebanho bovino, criado intensivamente no pantanal, se torne viável.

Queimadas no Pantanal: clima

Na região do Pantanal existem, basicamente, duas estações climáticas bem definidas, que podem ser observadas no verão e no inverno.

O verão, extremamente úmido, é caracterizado pelas chuvas abundantes, que chegam a provocar cheias capazes de fazer com que os rios transbordem, inundando toda a planície. O inverno, por sua vez, é caracterizado por chuvas escassas e pela baixa umidade do ar. 

É nesse último, que está presente no Pantanal de julho a setembro, que as queimadas naturais surgem com grande incidência na região. Ainda, o clima seco e a falta de chuvas também favorece a disseminação de incêndios provocados intencionalmente pelos homens.

Queimadas no Pantanal: prejuízos

O Pantanal é prejudicado como um todo pelas queimadas. A fauna e a flora sofrem na medida em que o fogo acaba com o habitat natural dos animais, deixando-os sem abrigo, e acaba com a alimentação natural dos mesmos, uma vez que provoca uma ruptura na cadeia alimentar. 

Dessa maneira, podemos afirmar que um dos tantos prejuízos das queimadas no Pantanal é a perda da biodiversidade e a aceleração do processo de extinção de muitas espécies.

Ainda, o fogo destrói a vegetação natural do Pantanal. Com isso, o solo perde a sua cobertura orgânica natural, impedindo a germinação de novas sementes naturalmente.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.