Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (1 vote)

Quarto de bebê: dicas para montar enquanto espera a chegada

Saiba como decorar o quarto para a chegada de um ser tão especial

Tem um novo integrante para a família a caminho? Então que tal saber mais sobre quarto de bebê? Esse cantinho especial, tem como objetivo o bem estar do pequenino. Além disso, deve ser um cômodo com foco na praticidade na hora de realizar seus cuidados. Por isso, deve ser feito com carinho e atenção aos detalhes.

E foi pensando nisso que separamos algumas dicas especiais para montar o quarto de bebê enquanto espera a chegada desse pequeno ser.

Quarto de bebê: dicas para montar enquanto espera a chegada
Quarto de bebê: dicas para montar enquanto espera a chegada. Foto: Canva Pro

Comece pelo item mais importante do quarto de bebê: o berço

Como sabemos, todos os bebês precisam de um berço seguro e confortável para dormir ou tirar aquela soneca gostosa durante o dia. Portanto, não basta apenas que o berço seja bonito. Na verdade, ele também precisa ser confortável e acima de tudo, muito seguro, para evitar possíveis acidentes com o seu pequeno.

Além do mais, outros pontos precisam de maior atenção na hora de pensar no berço e na decoração do quarto do bebê. Por exemplo, a localização do móvel dentro do quarto. Aliás que deve ser sempre próxima a porta. Assim, quando ele chorar ou estiver precisando de você, você consiga chegar até ele com mais rapidez.

Além disso, é preciso mantê-lo longe de janelas para evitar correntes de ar sobre o pequenino que, ao nascer, possui uma saúde mais frágil. Ademais, as tomadas também devem ficar a uma certa distância do berço para evitar possíveis acidentes.

No que se refere às características do berço, o primeiro ponto é que ele possua o selo de inspeção do Inmetro. Pois, assim ele confere uma maior segurança ao bebê. Além disso, as grades também devem ter uma distância mínima entre elas. Dessa forma, a criança não colocará o braço ou a perna no vão e se machucando.

O último ponto, mas não menos importante, a se pensar em relação ao berço é o colchão, que deve ter uma densidade de 18m³ e possuir características hipoalérgicas para garantir o conforto de seu pequenino.

O que colocar no quarto do bebê

Agora que você já sabe tudo a respeito do berço para seu filho, comece a implementar o restante da mobília. Pois, como os quartos de bebê costumam ter um espaço reduzido deve pensar muito bem na disposição dos objetos para evitar que o ambiente fique “poluído”.

O primeiro item a se colocar é a cômoda. Apesar de ocupar um espaço bastante grande, ela é bastante útil, tanto para guardar os pertences do bebê quanto como trocador.

A multifuncionalidade dos móveis é um ponto importante na hora de mobiliar o quarto do seu bebê. Isto é, móveis que funcionam para diversas tarefas podem ser muito úteis para economizar espaço. Além disso, são perfeitos para dar mais praticidade na hora de realizar os cuidados com o pequeno.

Por fim, outro móvel importante é a poltrona de amamentação. Afinal de contas, é nela que você passará um tempo de qualidade amamentando e cuidando de seu bebê. Logo, se o cômodo for pequeno, opte por cadeiras mais compactas e sem grandes braços laterais.

Enquanto, se você dispor de um espaço maior, aproveite para adquirir uma poltrona acolchoada. Dessa forma será mais fácil para que você possa aproveitar o momento da amamentação de uma forma prazerosa.

Não exagere na decoração

Após implementar toda a mobília necessária para o bom funcionamento do quarto, e para os cuidados com seu bebê, é hora de pensar na decoração.

Como os bebês ainda estão se adaptando a este mundo, as cores não devem ser muito fortes ou vibrantes para não incomodar ou sobrecarregar os sentidos do pequeno. Ademais, como eles ainda não se interessam por brinquedos, não é necessário exagerar na escolha de itens desse tipo.

Na verdade, para os quartos de bebê, a decoração deve ser bem sucinta. Comece com as paredes, que devem ter cores claras ou tons neutros. Por exemplo, as chamadas candy colors são uma ótima opção. Se preferir, implemente papéis de parede com estampas variadas de sua preferência.

A seguir, escolha um tema que te ajudará a decidir os outros elementos que irão compor a decoração. Um exemplo é a temática do mundo animal. Para isso, use alguns bichinhos de pelúcia. Enquanto, os tons de verde e terrosos criam um clima alegre e divertido para o cômodo.

Novamente, lembre-se que o bebê é sensível a sons e cores fortes, por isso a decoração deve ser suave e simples. Conforme ele vai crescendo, você pode incrementar o cômodo com elementos mais coloridos.

5/5 - (1 vote)

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.