Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Pronampe: governo prorroga prazo de carência dos empréstimos

Nesta segunda-feira (08), Carlos da Costa, secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, afirmou que o governo irá prorrogar o prazo de carência de empréstimos concedidos por meio do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) por mais três meses.

O programa foi criado em maio de 2020 para ajudar pequenos empresários durante a crise econômica provocada pela pandemia do novo coronavírus. Com o Pronampe, o empresário pode pegar até 30% do faturamento em empréstimo, com pagamento em 36 vezes e juros máximo de 1,25% mais a taxa Selic.

A carência do programa era de oito meses. Dessa forma, os empréstimos deveriam começar a ser pagos em março de 2021. As três fases de andamento do programa realizaram empréstimos num total de R$ 37,5 bilhões para 517 mil empresários.

“O Ministério da Economia acabou de aprovar uma extensão de três meses na carência. Ou seja, aquele empresário que tomou recursos em agosto e que teria que começar a pagar agora […] terá mais três meses, no meio dessa situação muito difícil, para ter um pouco de alívio”, disse o secretário.

Ainda de acordo com o secretário, os cerca de R$ 2 bilhões que não foram utilizados em 2020 devem ser usados em 2021. Para isso, o governo estuda um projeto de lei. O secretário afirmou ainda que está negociando com o Senado Federal mais R$ 4,8 bilhões de ajuda a empresas.

O Pronampe foi uma das medidas do governo para auxiliar trabalhadores durante a pandemia. Uma das medidas mais populares do período foi o auxílio emergencial, voltado aos trabalhadores informais.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.