Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Poupança: não abdique de controlar o seu fluxo financeiro pessoal

Não abdique de controlar o seu fluxo financeiro pessoal e viabilize uma poupança de forma planejada. Confira dicas relevantes!

A poupança como um hábito é um diferencial para uma pessoa física que precisa planejar suas finanças, porém, se encontra em uma situação financeira negativa.

Poupança: não abdique de controlar o seu fluxo financeiro pessoal

É comum que muitas pessoas que se encontram em uma situação de inadimplência e/ou endividamento adiem a poupança, pois não estão com um orçamento financeiro positivo. Entretanto, a poupança pode ser vista como um hábito de maneira que é possível direcionar o planejamento financeiro estratégico pessoal.

Alimente o hábito da poupança 

O hábito da poupança diz muito mais sobre seus impulsos de compra e consumo, do que sobre os valores guardados. Isso porque ao obter a poupança como um hábito, você guardará valores automaticamente, independentemente se baixos ou elevados. Sendo assim, é necessário que faça um planejamento que ampare a sua situação atual e direcione o seu futuro. 

Faça uso de ferramentas de gestão 

Para isso, sugerimos que você faça uso de ferramentas de gestão para que possa mapear a sua situação e entender o seu fluxo financeiro pessoal para que possa avaliar possíveis mudanças.

Entretanto, tais mudanças não precisam de radicalismo, você pode realizar troca simples. Por exemplo, você pode trocar o cartão de crédito comum por uma opção sem anuidade e direcionar o valor economizado para a sua poupança.

Guarde valores baixos para reforçar o hábito positivo

Certamente, ao poupar valores baixos você está criando um caminho mental positivo que fará diferença na sua relação com suas finanças em longo prazo.

Analise outras opções de investimentos 

Além disso, conforme o planejamento financeiro evoluir, você poderá direcionar valores fixos para a finalidade da poupança; independentemente se você optar por investir na caderneta de poupança; já que estamos falando da poupança como um conceito e não exatamente como única opção de investimento.

Faça um planejamento financeiro pessoal flexível e adaptável 

Dessa forma, ao realizar um planejamento flexível poderá obter maior sucesso financeiro em longo prazo. Visto que, conforme suas finanças melhorarem, você poderá ajustar suas metas.

Não deixe de controlar a sua vida financeira 

Além disso, ao negligenciar o planejamento você está apenas abdicando de registrar sua rotina financeira, fato que, independentemente se você se encontra em uma situação positiva ou não, já está ocorrendo, por isso, é melhor que você obtenha esse controle.

Adapte essas dicas e obtenha maior clareza sobre o seu fluxo financeiro pessoal, de modo resolutivo, ainda que seja algo perceptível apenas em longo prazo.

Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.