Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Planejamento Financeiro e Poupança Direcionada

Planejamento financeiro pessoal e a poupança direcionada de forma orgânica

A viabilidade  de uma poupança parece um desafio para muitas pessoas, por isso, é importante que você direcione uma poupança através de um planejamento financeiro pessoal. Dessa forma, você alinha seus hábitos e pode esclarecer suas metas em curto, médio e longo prazo. 

Separar seus custos fixos e os custos variáveis

Primeiramente, é importante que você entenda a sua situação atual, para isso, faça um mapeamento de seus fluxos financeiros, sendo importante separar seus custos fixos e os custos variáveis.

Custos fixos, geralmente, são os custos referentes à sua sobrevivência. Sendo assim, os custos fixos são referentes às contas de consumo como água, energia elétrica, internet, aluguel etc. Já os custos variáveis podemos dizer, de forma sucinta, que são todos os demais.

Acompanhamento e controle de suas finanças

Sendo assim, você pode analisar seus hábitos de consumo para verificar quais podem ser mudados. Dessa forma, você alinha seus hábitos ao seu acompanhamento e controle financeiro.

Por exemplo, você pode trocar uma assinatura de TV a cabo, ou ainda, colocar um cartão de crédito tarifado por um cartão de crédito sem anuidade. São pequenas trocas que podem fazer bastante diferença em longo prazo

Questione seus hábitos de compra

Além disso, questione as suas compras, pois muitas pessoas compram por impulso por não pensarem sobre a necessidade real daquele objeto. 

Ainda, em caso de entender algo como importante, é necessário avaliar se é necessário que seja comprado neste momento. Pois, ao fazer esses questionamentos, você diminui os impulsos que te levam a comprar e começa a criar um fluxo positivo para direcionar valores à sua poupança.

Com o passar do tempo, a tendência é que esse fluxo seja reforçado e você direcione valores cada vez mais elevados.

A poupança exige foco no hábito

Além disso, quando pensamos em abrir uma poupança é importante que você tenha foco no hábito, pois é mais importante do que o valor nesse primeiro momento.

Sendo assim, direcione valores para uma poupança, ainda que sejam baixos,  para que você alimente o hábito de controlar suas finanças, minimizar seus consumos excessivos e direcionar valores para a poupança de forma simultânea.

Planejamento amparado em longo prazo por pequenas mudanças em sua rotina 

Dessa forma, ainda que você precise de um tempo para se adaptar, você terá um planejamento financeiro e uma poupança viabilizada. Bem como, hábitos que amparam seus planejamentos em longo prazo, modificando assim a sua relação com o dinheiro de forma natural.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.