Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

PIX e pagamento por aproximação

O Pix – sistema de pagamento instantâneo – pode ter novidades em breve, entre estas o pagamento por aproximação e, a médio prazo, o pagamento de comprar em outros países. As

declarações foram dadas pelo presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto e sua equipe, nesta terça-feira, 16 de novembro, mesmo dia que o PIX completou um ano. As informações são do G1.

Veja também – Auxílio Brasil: pagamentos começam HOJE

O diretor de Relacionamento, Cidadania e Supervisão de Conduta da instituição do BC, Mauricio Moura, foi quem comentou sobre o pagamento por aproximação, porém sem falar o prazo exato para que isso aconteça. “Assim como há o cartão de crédito por aproximação, o PIX também terá no futuro uma funcionalidade por aproximação. Aproxima celular e vai fazer pagamento com o PIX”, prometeu Moura.

O diretor também deu o exemplo que a aproximação poderá ser usada, inclusive, para o pagamento de passagem de ônibus. Se isso se fato acontecer, ao menos o motorista deve ficar menos sobrecarregado em algumas cidades, onde os cobradores não são mais obrigatórios no coletivos públicos.

Uma outra possibilidade seria pagamentos sem a conexão pela internet, mencionou o presidente do BC.

Novas funções e força do PIX

O presidente do BC, fez questão de destacar o espaço que o sistema vem conquistando com a população do país. “O Brasil teve a adoção de meios de pagamento instantâneo mais rápida no mundo quando consideramos o número de transações per capita. o PIX já supera TED, DOC, cheque, boleto cartão pré-pago e débito direto, ficando apenas atrás de convênios de arrecadação [pagamentos de contas de água, por exemplo], cartão de crédito e débito”, declarou Roberto Campos Neto.

Para o fim deste mês o Pix deve ser turbinado, como duas modalidades que prometem agradar: o Pix Saque e o Pix Troco. O primeiro consiste em fazer uma transferência e receber o valor integral em espécie, já o segundo, fazer o valor com o valor devido no estabelecimento e um valor a mais  que será entregue em dinheiro.

A previsão é que as duas novas modalidades estejam disponíveis a partir do dia 29 e que qualquer pessoa com uma chave Pix consiga utilizar as ferramentas. Os comerciantes ficarão livres para oferecer o serviço ou não, mas a ideia é que a adesão seja significativa.

As novas modalidades podem ainda reduzir o número de caixas eletrônicos, por exemplo. Ir até um local e fazer compra e sacar dinheiro ao mesmo tempo pode trazer uma grande praticidade, principalmente diante da vida corrida do brasileiro.

Avalie o Texto.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.