Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

PIS/Pasep: O que é preciso para receber a próxima rodada do benefício

O Programa de Integração Social (PIS), é direcionado aos trabalhadores da iniciativa privada, já o Programa de Formação do Patrimônio (Pasep), é destinado aos servidores públicos.

O PIS/Pasep é um abono salarial criado em 1970 para beneficiar os trabalhadores formais brasileiros. O Programa de Integração Social (PIS), é direcionado aos trabalhadores da iniciativa privada, já o Programa de Formação do Patrimônio (Pasep), é destinado aos servidores públicos.

O PIS é gerenciado pela Caixa Econômica Federal, por sua vez, o Pasep é administrado pelo Banco do Brasil. Com o adiamento do repasses para fevereiro do ano que vem, muitos cidadãos estão atentos aos critérios de concessão ao benefício, bem como as condições nas quais é liberado.

Quem pode receber abono salarial PIS/Pasep?

Para ter acesso ao benefício, de até um salário mínimo (R$ 1.100), o cidadão precisa cumprir as seguintes regras:

  • Ter trabalhado com carteira assinada por pelo menos um mês no ano-base (2020);
  • Estar cadastrado no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos;
  • Ter recebido remuneração média mensal de até dois salários mínimos (R$ 2.200) com carteira assinada no ano-base (2020);
  • Estar com os dados corretamente informados pelo empregado na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Vale ressaltar que o valor do abono salarial é definido de acordo com o tempo de trabalho do cidadão, podendo variar de R$ 92 a R$ 1.100. Confira tabela proporcional aos meses a seguir:

Proporção Valor
1 mês trabalhado R$ 92,00
2 meses trabalhados R$ 184,00
3 meses trabalhados R$ 275,00
4 meses trabalhados R$ 367,00
5 meses trabalhados R$ 459,00
6 meses trabalhados R$ 550,00
7 meses trabalhados R$ 642,00
8 meses trabalhados R$ 734,00
9 meses trabalhados R$ 825,00
10 meses trabalhados R$ 917,00
11 meses trabalhados R$ 1.009,00
12 meses trabalhados R$ 1.100,00

O trabalhador pode conferir sua situação relacionada ao PIS ou ao seguro desemprego através do aplicativo Caixa Trabalhador. Por meio da plataforma, é possível consultar o calendário de pagamentos, quantidade de parcelas e tirar dúvidas.

Veja também: Auxílio Emergencial 2021: Confira o calendário completo

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
3 Comentários
  1. Célia Regina Martins do val Diz

    Eu fiz aniversário em julho.
    Eu perdi o direito, de receber o abono salarial.

  2. Andreia Diz

    Quem ñ recebeu o pis no segundo semestre deste ano vai receber 2 vezes próximo ano ?

  3. Maria de Fátima Diz

    Setembro. Faço aniv tenho direito de receber o pis.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.