Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Abono salarial antecipado do PIS/Pasep: 8,6 milhões de trabalhadores ainda não sacaram

Aproximadamente 8,64 milhões de trabalhadores ainda não sacaram o abono salarial antecipado do PIS-Pasep 2020-2021. O montante a ser retirado equivale a cerca de 7 bilhões.

PIS

A maior parte do valor do abono salarial antecipado que ainda deve ser retirado se refere ao PIS,  pago para trabalhadores da iniciativa privada. No total, 8.169.485 beneficiários ainda não sacaram o valor aproximado de R$ 6,6 bilhões.

O PIS é pago pela Caixa, banco público, e neste ano o pagamento do abono salarial deve atingir 22.238.600 de trabalhadores, que devem receber, com os valores somados, aproximados R$ 17,5 bilhões.

Mas não é só o abono salarial antecipado deste ano que ainda não foi sacado, há 2 milhões de trabalhadores que não sacaram nem o PIS do calendário 2019-2020, de acordo com a Caixa.

Os saques poderão ser feitos até 30 de junho de 2021. (Confira calendário abaixo).

Pasep

Cerca de 477 mil trabalhadores do setor público ainda não sacaram o abono salarial adiantado, o número é bem menor se comparado a pessoas do setor privado. O benefício é pago por meio do Pasep, de responsabilidade do Banco do Brasil. Ao todo a saldo remanescente de R$ 373 milhões.

O abono salarial do Pasep para o exercício 2020/2021 abrange 2.712.900 trabalhadores, totalizando R$ 2,6 bilhões em recursos.

Os saques poderão ser feitos até 30 de junho de 2021. (Confira calendário abaixo).

Quais os critérios para conseguir abono salarial?

Os critérios para conseguir abono salarial do PIS/Pasep tem uma relação com o salário recebido, já que o benefício é uma espécie de 14º salário pago somente ao trabalhador de baixa renda. Dito isso, é importante dizer que para ser apto a receber o benefício você deve receber até dois salários mínimos, em média, por mês.

Outras exigências para conseguir o benefício são:

  • Estar inscrito no PIS/Pasep há 5 anos, no mínimo
  • E ter trabalhado, no mínimo, 30 dias no ano anterior
  • Uma terceira e importante requisito, é a empresa em que trabalha ter informado os dados corretos ao governo

Como saber se tenho direito ao abono salarial antecipado?

Há duas formas de fazer a consulta, uma para os trabalhadores de empresas privadas e outra para os que atuam no serviço público.

Iniciativa privada

  • No site da Caixa.  Com o número do NIS (PIS/Pasep), basta acessar a opção “Consultar Pagamento”
  • Telefone da Caixa 0800-726-02-07

Servidores públicos 

  • No site do Banco do Brasil
  • Na Central de Atendimento do BB:
  •  4004-0001 (capitais e regiões metropolitanas);
  • 0800 729 0001 (demais cidades)
  • 0800 729 0088 (deficientes auditivos)

Confira o calendário do PIS/Pasep 2020-2021

O calendário do PIS/Pasep 2020-2021 é definido de acordo com com a data de nascimento do trabalhador (empresa privada) ou então por meio do número de inscrição no Pasep  (servidor público).

Descubra também o número do  seu PIS/Pasep. 

Calendário do PIS

pis

Calendário do Pasep

pasep

Onde sacar o dinheiro do abono salarial antecipado?

O dinheiro do abono poderá ser sacado em bancos ou em agências lotéricas, em um dos casos. Confira abaixo o que pode ser feito de acordo com a empresa que você trabalha.

Funcionários de empresa privada:

Se você tiver o Cartão Cidadão:

  • Caixas eletrônicos da Caixa;
  • Lotéricas;
  • Correspondentes Caixa Aqui;

Sem o Cartão Cidadão:

  • O saque poderá ser feito somente em uma agência da Caixa e é necessário apresentar um documento de identificação com foto.
  • Isso se você não for correntista da Caixa. Neste caso o dinheiro é depositado diretamente na conta.

Servidor público:

  • O saque poderá ser feito somente em uma agência do Banco do Brasil e é necessário apresentar um documento de identificação com foto.
  • Com exceção de correntistas do Banco do Brasil.
  • Também é possível fazer a transferência do dinheiro para outro banco, sem custos ou taxas adicionais.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.