Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Pesquisa aponta que mais de 80% dos alunos do ensino médio estudam mais na escola

Levantamento feito pela Apeoesp (Sindicato dos Professores do Estado de São Paulo) e pelo Instituto Vox Populi mostra que a maioria dos alunos do ensino médio estudam mais com o ensino presencial. 84,1% dos alunos do ensino médio matriculados em escolas públicas afirmaram que estudam menos horas no ensino remoto.

A pesquisa ouviu 600 alunos do ensino médio, 1.500 professores e 1.500 pais de alunos da rede estadual de São Paulo, entre s 22 de junho e 8 de julho.

Além de revelar que os estudantes se dedicam mais aos estudos quando têm aulas nas escolas, a pesquisa aponta que 37,5% dos estudantes têm apenas o celular para se dedicar ao ensino remoto. Desse modo, a dificuldade de acesso à internet e a falta de equipamentos pode ser um dos fatores que prejudicam o tempo de estudo.

A falta de equipamentos afeta muito o ensino remoto, principalmente no caso de alunos mais pobres, matriculados em escolas da rede pública. De acordo com os dados do levantamento, 42,5% dos alunos não possuem notebook ou computador em casa para assistir as aulas remotas.

Quando perguntados sobre a oferta de “condições de acesso a plataformas virtuais de ensino” por parte da escola ou do estado, 63,2% dos alunos afirmaram não ter recebido nenhum tipo de ajuda, enquanto 10,1% recebeu pelo menos uma oferta. Entre os professores, os números são semelhantes. Enquanto 15 % receberam alguma oferta, outros 54,3% afirmaram não ter recebido nenhuma ajuda do estado.

A pesquisa revela ainda que os professores têm trabalhado mais horas com o ensino remoto. Dos entrevistados, 49,2% afirmaram que trabalharam por mais horas no formato remoto do que nas aulas presenciais.

E aí? Gostou do texto? Então deixe aqui o seu comentário!

Leia Terminam hoje as inscrições para o Fies do 2º semestre de 2021.

 

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.