Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4.6/5 - (8 votes)

Pagamento do PIS/PASEP começa no próximo mês; veja quem vai receber o abono

Agora, os trabalhadores com carteira assinada de direito, deverão receber o benefício a partir de janeiro de 2022.

O abono salarial PIS/Pasep foi adiado este ano devido ao redirecionamento dos recursos para o Programa Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda (BEm). Agora, os trabalhadores com carteira assinada de direito, deverão receber o benefício a partir de janeiro de 2022.

Veja também: Revisão do PIS PASEP: Saiba quem tem direito e como solicitar

O PIS é destinado aos trabalhadores de empresa privada, já o Pasep é voltado para os servidores públicos. No entanto, em ambos os casos é necessário cumprir os mesmos requisitos para ter acesso ao abono, sendo eles:

  • Estar inscrito no sistema PIS/Pasep há, no mínimo, 5 anos;
  • Ter recebido no ano-base uma remuneração média de até dois salários mínimos (R$ 2.200);
  • Ter trabalhado, ao menos, 30 dias consecutivos ou não com carteira assinada no ano-base;
  • Estar com todos os dados passados corretamente pelo empregador ao RAIS do Governo Federal.

Com relação aos saques, o PIS é realizado na Caixa Econômica e casas lotéricas, já o PASEP é pago pelo Banco do Brasil. Quem não for correntista de nenhum desses bancos podem sacar o benefício em qualquer caixa eletrônico com o cartão cidadão e senha.

Ainda, quem não tiver o cartão pode receber em qualquer agência da Caixa ou do BB com documento de identificação com foto, CPF e Carteira de Trabalho.

Para mais informações do PIS, basta ligar para o 0800 726 0207 da Caixa ou acessar o site ou aplicativo Caixa Trabalhador. Para o Pasep, busque atendimento pelo número 0900 729 0001, pelo site ou também pelo app BB.

Valores do PIS/Pasep

Os contemplados recebem uma remuneração proporcional ao seu tempo de trabalho, tendo o salário mínimo como valor limite. Confira as projeções para o próximo ano:

  • 1 mês de trabalho: R$ 100;
  • 2 meses de trabalho: R$ 200;
  • 3 meses de trabalho: R$ 300;
  • 4 meses de trabalho: R$ 400;
  • 5 meses de trabalho: R$ 500;
  • 6 meses de trabalho: R$ 600;
  • 7 meses de trabalho: R$ 700;
  • 8 meses de trabalho: R$ 800;
  • 9 meses de trabalho: R$ 900;
  • 10 meses de trabalho: R$ 1000;
  • 11 meses de trabalho: R$ 1.100;
  • 12 meses de trabalho: R$ 1.200.
4.6/5 - (8 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

1 comentário
  1. Aquiles Costa Diz

    Gostei da matéria sobre o PIS para o ano que vem

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.