Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Orçamento da Capes aumenta e órgão deve zerar déficit de bolsas

O Ministério da Educação (MEC) aumentou o orçamento da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) para 2022. De acordo com o órgão, o orçamento previsto para 2022 terá aumento de 17% em relação ao de 2021.

Desse modo, neste ano, os recursos esperados subiram de R$ 3,14 bilhões para R$3,68 bilhões. A Capes informou que os R$ 540 milhões de aumento no orçamento irão garantir o pagamento integral das bolsas de pós-graduação no país e as bolsas dos programas de formação de professores.

O MEC está aguardando a sanção presidencial por meio do PLN 19/2021 para o aumento do orçamento.

A Capes precisou de suplementação orçamentária em 2021

Cláudia Queda de Toledo, presidente da Capes, afirmou que os recursos serão usados para zerar o déficit de pagamento de bolsas de pós-graduação, cujo pagamento nos últimos meses atrasou devido à falta de recursos. Nesse sentido, Toledo afirmou:

“Começamos 2022 com a superação do problema que tivemos nos últimos três meses de 2021 para o pagamento das bolsas de formação de professores da educação básica”.

Nos últimos meses de 2021, a Capes precisou recorrer à suplementação orçamentária. Desse modo, o órgão aguardou a aprovação de projetos de lei pelo Congresso Nacional para conseguir pagar as bolsas. Foram afetados os programas de formação de professores de formação básica. Clique aqui para mais informações.

Com informações da Agência Brasil.

E aí? Gostou do texto? Então deixe aqui o seu comentário!

Veja também MEC convoca aplicadores para as provas do Enem 2021 nos dias 9 e 16 de janeiro.

Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.