Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Open Banking Brasil: compartilhamento de informações de cadastro, transações e operações de crédito

O Open Banking Brasil se refere ao compartilhamento de informações de cadastro, transações e operações de crédito. Saiba mais detalhes!

Como será o Open Banking Brasil?

O Open Banking, iniciativa do Banco Central do Brasil, permitirá que você escolha quando, o que e com quem compartilhar os seus dados. O Open Banking foi dividido em 4 fases, conforme informações oficiais do Banco Central do Brasil.

O Banco Central informa que um dado nada mais é do que uma informação que pode ser, por exemplo, referente ao seu cadastro ou ao seu histórico financeiro. Sendo assim, dentro do sistema financeiro, muitos produtos e serviços são criados pensando nas suas características, já que esses produtos irão resolver uma necessidade. 

Dessa maneira, o Open Banking permitirá que você compartilhe seus dados, isso quer dizer compartilhar informações sobre você para a instituição que você desejar. Sendo assim, essas informações irão permitir que as instituições ofereçam produtos e serviços mais fiéis às suas necessidades, reforça o BCB.

Entretanto, as instituições participantes devem respeitar as diretrizes definidas pelo Banco Central do Brasil. Os dados dos clientes não serão compartilhados em todas as fases do Open Banking. Confira agora o que acontece em cada estágio:

Fase 1 – Compartilhamento de informações públicas sobre canais de atendimento, produtos e serviços

Conforme informações oficiais, na primeira fase, as instituições participantes do Open Banking irão disponibilizar informações sobre canais de atendimento e produtos e serviços gerais disponibilizados pelas entidades participantes, como contas de depósito à vista, poupança, pagamento e operações de crédito

Sendo assim, as informações serão compartilhadas entre as instituições. Neste momento não será possível o compartilhamento de dados pessoais, e com isso não teremos uma etapa de consentimento na primeira fase, informa o BCB.

Fase 2 – Compartilhamento de Informações de cadastro, transações e operações de crédito realizadas 

Segundo informa o BC, na segunda fase, você poderá compartilhar seus próprios dados atualizados de cadastro, como nome completo, CPF/CNPJ, telefone, endereço, e dados de transações relativas aos produtos e serviços relacionados à sua conta. 

Fase 3 – Iniciação de transação de pagamento entre instituições e encaminhamento de proposta de crédito

Por conseguinte, na terceira fase será possível iniciar um pagamento fora do ambiente do banco, por exemplo, por um aplicativo de mensagem. A iniciação de pagamento irá ocorrer fora do ambiente da sua conta, podendo acontecer inclusive no ambiente de outra instituição. 

Fase 4 – Expansão do escopo de produtos, serviços e transações abordados pelas fases anteriores

Por fim, na última fase, teremos o compartilhamento de outros dados de produtos e serviços relacionados a operações de câmbio, investimentos, seguros e previdência, informa o BCB.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.