Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Novos saques do FGTS em 2021 com valores de até R$ 1.100 podem ser liberados

O Governo Federal se prepara para liberar mais um lote de pagamento do saque emergencial do FGTS em 2021. A medida adotada pelo governo como uma das formas de enfrentamento da pandemia também pode ser estabelecida neste novo ano.

Para 2021, o formato de como os saques serão liberados ainda não foram informados. Contudo, caso siga os mesmos moldes da última liberação, em 2020, o valor máximo deve ficar em R$ 1.100, estimativa para o salário mínimo em 2021.

Um dos formuladores da medida informou que o cenário após a virada do ano será analisado, e que o anúncio da nova rodada de pagamentos pode acontecer ainda neste mês de janeiro.

De acordo com membros da equipe econômica, há uma margem para que os recursos do FGTS sejam liberados para retirada sem comprometer a sustentabilidade do fundo.

O saque liberado em 2020 possibilitava o trabalhador de sacar até um salário mínimo (R$1.045) do fundo das contas do FGTS. O objetivo era a injeção de R$ 38 bilhões a economia. No entanto, a Caixa Econômica Federal revelou que desses R$ 38 bilhões, cerca de R$ 7,9 bilhões não foram sacados. O recurso não sacado volta automaticamente ao fundo dos trabalhadores.

Saque via aplicativo

Com o objetivo de reduzir a demanda de atendimento nas agências e facilitar o acessos às modalidades de saque, a Caixa Econômica Federal anunciou o lançamento de uma ferramenta digital que possibilita o saque. De acordo com informações do banco, o aplicativo possibilita que o saque seja feito integralmente pelo aplicativo do FGTS.

“A partir de agora, o trabalhador não necessita ir a um ponto de atendimento físico para sacar seu recurso do FGTS”, informou o presidente da Caixa, Pedro Guimarães.

Dessa maneira, a atualização do aplicativo já está disponível gratuitamente para dispositivos Android. A nova versão para IOS será lançada em breve.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

2 Comentários
  1. Eduardo Diz

    Se o governo quer mesmo injetar dinheiro na economia é só fazer justiça aos 5900 rx funcionários da antiga CST, NO ES, quando foram pesados quanto a URP E PLANO BRESSER. Tiveram causa ganha e o dinheiro desapareceu com o sindicato dos metalúrgicos da época e a caixa econômica q também compactuou com essa ação criminosa. Seria um volume considerável injetado na economia é sem falar da justiça q seria feita a essas famílias q a maioria passa até necessidade, sendo q foi um direito reconhecido. Tudo aconteceu no período de grande corrupção no Brasil. Governo irresponsável e covarde.
    Agora é a oportunidade de reaver essa injustiça e estará restaurando 5900 famílias.

  2. José Roberto Lima de Mesquita Diz

    Quem recebeu no auxílio só as parcelas de 600,00 reais, ainda vão receber as 4 parcelas de 300,00 reais?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.