Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.2/5 - (6 votes)

NOVO Bolsa Família com pagamentos de R$1.100 por mês

Proposta do Senador Fabiano Contarato prevê o pagamento de pelo menos um salário mínimo por mês no novo Bolsa Família

O texto da Medida Provisória (MP) do Auxílio Brasil já está em tramitação no Congresso Nacional. Só que esse documento não mostra algumas informações importantes do projeto. Não se sabe ainda oficialmente qual vai ser o valor dos repasses e nem quantas pessoas irão receber o benefício em questão.

Veja também: NOVO auxílio nacional com valor de R$500 ou R$600

Diante desta falta de informação, vários parlamentares estão tentando inserir emendas ao texto original. Boa parte dessas propostas tentam colocar justamente os valores do programa. Uma delas chamou atenção pelo nível dos repasses. É uma sugestão para que o valor mensal do Bolsa Família passe a ser de um salário mínimo.

A emenda em questão é do Senador Fabiano Contarato (REDE-ES). Essa não é exatamente uma proposta nova. O parlamentar, no entanto, disse nesta terça-feira (26) que está trabalhando para tentar aprovar essa ideia. Ele disse que conta com o apoio dos seus colegas parlamentares para isso.

“Além de acabar com o Bolsa Família ao criar o programa Auxílio Brasil, o governo Bolsonaro enviou Medida Provisória ao Congresso que não define o valor do benefício. Fiz emenda para garantir que cada família beneficiária receba ao menos um salário mínimo mensal e luto para aprová-la”, disse o Senador.

Caso consiga a aprovação da proposta, o benefício em questão subiria de uma média atual de R$ 189 por mês para R$ 1,1 mil mensais. Seria uma elevação de valores muito acima do esperado. O Senador Contarato, no entanto, não explicou como o Governo poderia conseguir esse dinheiro.

Valores de Bolsonaro

Como dito, a MP oficial do Auxílio Brasil ainda não mostra qual vai ser o valor e nem a quantidade dos beneficiários do programa em questão. No entanto, na última semana o Presidente Jair Bolsonaro decidiu revelar alguns detalhes.

De acordo com ele, o Auxílio Brasil vai pagar mensalidades de R$ 400, no mínimo. Isso é bem menos do que a proposta de um salário mínimo de Contrato. De qualquer forma, é bem mais do que se esperava que o Governo fosse liberar.

Em entrevistas nos últimos meses, membros do Palácio do Planalto estavam garantindo que o Auxílio pagaria R$ 300 em média. No entanto, o valor subiu e em alguns casos algumas pessoas podem até receber R$ 500 por mês.

Auxílio Emergencial vai chegar ao fim

Se por um lado o valor do novo Bolsa Família surpreendeu por ser mais alto do que se esperava, por outro, o Governo Federal acabou deixando muita gente preocupada com a decisão de não prorrogar o Auxílio Emergencial por mais tempo.

De acordo com o calendário oficial do programa, eles só deverão realizar mais esse repasse atual do projeto. Logo depois, eles deverão encerrar as liberações para todos os grupos do benefício em questão.

Segundo dados mais recentes do Ministério da Cidadania, que responde pelo projeto, algo em torno de 35 milhões de brasileiros são beneficiários do Auxílio Emergencial. São, portanto, pessoas que estão com muita dificuldade para conseguir emprego agora. Boa parte deles ficarão sem nada a partir de novembro.

3.2/5 - (6 votes)
1 comentário
  1. ANA. LUCCIA ROSA DO PRADO Diz

    Vergonha,e os que nao tem filhos Brasilia de bandidos!!!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.