Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.5/5 - (15 votes)

NOVO auxílio de R$400 com pagamentos nos próximos dias

De acordo com o calendário oficial do programa, Auxílio Brasil deverá começar a ser pago dentro de mais 9 dias

O Governo Federal está a menos de 10 dias para o início dos pagamentos do Auxílio Brasil. Para quem não sabe, esse é o programa que deve substituir o Bolsa Família daqui em diante. Para este momento, no entanto, o benefício novo vai funcionar de uma maneira diferente daquilo que o Planalto estava prevendo.

Daqui a 9 dias, os repasses começam para o grupo de pessoas que possuem o Número de Inscrição Social (NIS) terminando em 1. Esses são normalmente os cidadãos que começam a receber o benefício primeiro. Eles receberão algo em torno de R$ 260. Hoje, de acordo com o Ministério da Cidadania, o valor médio do Bolsa Família é de R$ 189.

Também neste primeiro momento não haverá uma mudança no número de usuários do programa em questão. Em outubro, ainda de acordo com o Ministério, cerca de 14,6 milhões de brasileiros receberão o dinheiro do Bolsa Família. Apenas eles seguirão recebendo o benefício agora em novembro.

Como visto, o primeiro pagamento do Auxílio Brasil vai funcionar de uma maneira diferente daquilo que eles estavam prevendo. De qualquer forma, o Governo Federal está contando com a ideia de pagar R$ 400 no mínimo a partir do próximo mês de dezembro. Pelo menos esse é o plano do Palácio do Planalto até aqui.

Para que isso aconteça, no entanto, o Governo vai precisar de aprovação do Congresso Nacional. Por lá, os deputados e senadores teriam que aprovar a PEC dos Precatórios, a Reforma do Imposto de Renda e a própria Medida Provisória (MP) do Auxílio Brasil. Nenhum desses três textos completou o rito legislativo completo ainda.

O que não se sabe

Mesmo com a proximidade dos pagamentos do Auxílio Brasil, alguns pontos ainda não estão claros sobre o projeto em questão. E não estão porque nem mesmo o Governo Federal bateu o martelo sobre esses temas.

Os valores do programa, por exemplo, ainda não são conhecidos. Ainda não se sabe, portanto, se o patamar de pagamentos vai mesmo subir para a casa dos R$ 400, ou não. De acordo com o Presidente Jair Bolsonaro tudo isso vai depender do Congresso Nacional.

Também não se sabe se o aumento do valor para a casa dos R$ 400 vai acontecer apenas até o final das eleições ou por mais tempo. Nesse caso, no entanto, o mais provável é que a primeira opção aconteça de fato.

O que já se sabe sobre o Auxílio

O que já se sabe sobre o Auxílio Brasil é que o programa vai mesmo começar a fazer os pagamentos agora em novembro. Essa é portanto uma promessa que o Governo Federal conseguiu cumprir sem maiores problemas.

Também já se sabe que as pessoas que participarão do projeto precisam ter cadastro ativo no Cadúnico. Para quem não sabe, essa é a lista oficial do Governo Federal para indivíduos que estão em situação de pobreza e de extrema-pobreza.

Os cidadãos também já podem saber que o calendário de pagamento do Auxílio Brasil será o mesmo que se usava no Bolsa Família. Eles seguirão dividindo as pessoas pelos Números de Inscrição Social (NIS) e definirão as datas de repasses por esse critério.

3.5/5 - (15 votes)

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

5 Comentários
  1. JOSIELE Diz

    E nos maes desenpregadas solteiras sem bolsa f como fica

  2. Tiago Diz

    Eu recebo o auxílio emergencial de 150 reais , terei direito ao novo auxílio ?

  3. Bruna Diz

    No caso de quem está desempregado e não recebe bolsa família, irá receber esse auxílio ?

  4. Danilo Júnior da Silva Diz

    Eu não estou conseguindo receber auxílio emergencial

  5. Moisés Araujo de carvalho Diz

    Moisés Araujo de carvalho tem dereto ou não

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.