Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

INSS: Pente-fino suspendeu ou cancelou 261 mil benefícios; Saiba como evitar

De acordo com dados do INSS, a medida já resultou em uma economia de R$ 336 milhões e, em um ano, chegará a R$ 4,3 bilhões.


O pente-fino do INSS, previsto na medida provisória antifraude (MP) 871, resultou no cancelamento e na suspensão de 261,3 mil benefícios em quatro meses de trabalho. A ferramenta vem sendo utilizada há quatro meses pelo governo federal.

De acordo com dados do INSS, a medida já resultou em uma economia de R$ 336 milhões e, em um ano, chegará a R$ 4,3 bilhões. Em janeiro, ao editar a Medida Provisória antifraude, o governo projetava uma economia de pouco mais de R$ 10 bilhões neste ano.

No corte de benefícios, há casos de pessoas com salário superior a R$ 15 mil que recebiam o Benefício de Prestação Continuada (BPC), distribuído a idosos e deficientes de baixa renda, há anos, resultando em prejuízo aos cofres públicos. 

Além disso, há casos registrados de pessoas mortas que continuavam recebendo os valores mensais e servidores estaduais e municipais que ganhavam o benefício assistencial voltado à baixa renda.

Convertida em lei em junho de 2019, a Medida Provisória antifraude reduziu o prazo para que cartórios comuniquem o INSS sobre novos registros de certidões de óbito, de 40 dias para 24 horas. Antes, com o prazo antigo, o governo acabava desembolsando até dois meses de benefício após a morte até que houvesse a suspensão do repasse.

Benefícios que deverão passar por um ‘pente-fino’

BenefícioA quem se destinaValor
Auxílio-reclusãoDependentes de segurado do INSS presosMédia das contribuições do segurado, excetuando as 20% menores
Aposentadoria ruralTrabalhador que comprovar mínimo de 15 anos de atividade rural, com idade mínima de 60 anos para homens ou 55 para mulheresUm salário mínimo para os que não contribuíram ao INSS; para demais, calculado a partir da média das 80% maiores
Pensão por morteDependentes de segurado aposentado ou trabalhador urbanoSomatória dos 80% maiores salários de contribuição dividida pelo nº de meses
Benefício de Prestação ContinuadaPessoas com deficiência ou idoso que comprovem não ter meios para sobreviverUm salário mínimo (R$ 998)

Análise de benefícios

De acordo com o texto final da MP, o INSS terá acesso a dados da Receita Federal, do Sistema Único de Saúde (SUS), do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e de outros bancos de informações para a análise de concessão, revisão ou manutenção de benefícios. O texto proíbe o compartilhamento, com outras entidades privadas, de dados obtidos junto a entidades privadas com as quais mantenha convênio.

Previstos para durar por dois anos (2019 e 2020), prorrogáveis até 2022, os programas de análise de benefícios com indícios de irregularidades e de revisão de benefícios por incapacidade pretendem continuar o pente fino realizado em anos anteriores em auxílios-doença e aposentadorias por invalidez.

Médicos peritos do INSS receberão um adicional por processo analisado além do horário de trabalho, com ênfase naqueles indicados pelo Tribunal de Contas da União (TCU), pela Controladoria-Geral da União (CGU) e por outros órgãos de investigação. Nesse último caso, o órgão poderá contar com parcerias com governos estaduais e municipais. Nessa lista, o relator, deputado Paulo Eduardo Martins (PSC-PR), incluiu benefícios pagos em valor superior ao teto do INSS.

O que leva à perda do benefício?

Não enviar os documentos exigidos pelo INSS dentro do prazo de defesa ou ter os documentos enviados considerados insuficientes ou improcedentes.

Como evitar a perda do benefício?

No primeiro passo, para evitar a suspensão do benefício é importante manter os dados cadastrais atualizados no INSS, como o endereço, para não correr o risco de ser notificado e não ver essa notificação.

De acordo com o UOL, o INSS pode considerar o segurado convocado para a revisão mesmo que ele não veja a notificação e vai suspender o benefício caso a pessoa não responda à convocação dentro do prazo. Os dados pessoais podem ser checados e atualizados através do Meu INSS (aplicativo ou site).

É possível recorrer?

Quem tiver o benefício suspenso poderá recorrer pela conta do Meu INSS, ou em agência da própria Previdência Social. O recurso deve ser aberto dentro de 30 dias contados a partir da notificação de perda do benefício pelo INSS.

Peritos ganharão bônus de R$57,50

Para dar conta do volume extra de trabalho, o governo autorizou o pagamento de um bônus de R$ 57,50 aos peritos por revisão concluída, após uma cota mínima exigida.

Segundo o INSS, cerca de 11 mil servidores se inscreveram para participar das revisões e, com isso, ter direito ao bônus.

Leia Também:

top planilha
17 Comentários
  1. Ranier neres Diz

    É isso mesmo uma verdadeira canalhice. Com os cidadãos da classe baixa. Onde o gonverno. Fecha os olhos pra os autos salários pagos a familiares e amigos de parlamentares q vivem no luxo. Sem se quer conhecerem o local de trabalho. Gonverno vagabundo isso sim. Mais o pior de tudo é q. Os principais culpados é a sociedade q. Aceita isso tudo.

  2. EVANICIO ALVES DE SOUZA Diz

    MEU BENIFICIO E DE ALCILIO DOENCA DEPOIS DE DEZ ANOS CANCELOU MEU BENIFICIO

  3. Edna Diz

    Só a classe menos previligiada é prejudicada ,os grandes que lesam o governo há anos com aposentadorias faraônicas só agora vão ser bloqueados , e o povo que rala continua com um salário mínimo vergonhoso.

  4. Ana Maria dias Diz

    Porque essas pessoas tem duficuldade para aceitar que tudo o que o governo esta fazendo;é para nosao bem.Infelismente o aistema num todo estava com metasta,minando todo país.Melhor esperarmos e ver a luz no fim do tunel! Estou aguardando meu auxilio,mas confio em Deus e nesse governo! #euvalorizojustiça!😘

  5. Abraao Diz

    O recurso destinado ao pagamento de benefícios por exemplo, sai do bolso do cidadão, assim o governo posiciona o INSS contra o próprio povo, nos pagamos também o bônus que é posto contra nós mesmos!!! Que coosa irônica!

  6. Janaina Diz

    Uma vergonha! Pente fino e pq eles não ver a quantidade de pessoas passando fome sofrendo por falta do benefício: Se depender de mim ele só governará essa única vez…

  7. Magno Diz

    Esses servidores já ganham horrores para não fazerem nada e agora vão ganhar a mais para fazer o trabalho que já é de responsabilidades deles? Que porta e essa presidente idiota. O presidente burro esse.

  8. Ivete Maria Diz

    verdade também estou totalmente indignada com esta forma de governar este país ou qual eles informam que estão lutando pelos direitos do cidadão quando de fato estão tirando o direito de cada cidadão e de cada trabalhador pois hoje sou aposentada tenho mais de 65 anos no momento estou a 5 meses sem receber minha aposentadoria por conta de um erro de comunicação do banco junto com o INSS e isso me causou a suspensão do meu benefício e hoje quando eu peço para que seja simplesmente feito a transferência do meu benefício a qual é meu direito sou informada todos os dias de 3 A 4 vezes ao dia de que não há funcionários suficiente para conclusão da minha análise então vejo isso como uma manobra de tirar o direito de muitos cidadões que assim os tem deixo claro minha indignação com a má administração do INSS como também dos nossos governantes que não há nada dê prioridade em relação ao beneficiário do INSS a não ser o próprio interesse dos governantes em seus próprios interesses financeiros e políticos.

  9. Enio Rodrigues Diz

    Sinto tanta pena de minha família ter me dado e dedicado tanta educação, valores para que eu crescesse um homem de bem. Pra viver neste país; comandado por malditos corruptos. É a primeira vez que eu me declaro com muita indignação. Será que esses caras não pensam que a vida é curta e que ninguém é dono de ninguém. Veja o caso do Heliópolis com que direito esses policiais fazem isso? Vocês tem filhos e Deus existe.
    Deus existe seus Malditos!!!!!!!!

  10. Odete valência Silva Diz

    Já faz nove meses esperando já fui chamado para complir exigência mas não tinha médico prá atender até agora ninguém fala nada passando por dificuldade financeira esperando

    1. Odete valência Silva Diz

      Meu deus até agora ninguém fala nada no INSS para liberar o benefício isto e triste será que presidente não vê isto pobre passando por dificuldade

  11. Jaba Diz

    Gorverno miserável bando de vagabundo tira do povo brasileiro governo incompetente..

  12. Iza Diz

    Sinceramente nao sei onde estão as autoridades competentes que nao estão “vendo” o descaso com o cidadão, o Inss levando mais de 365 dias para analisar um pedido de benéfico que é direito do cidadão!!

    1. Dulce Diz

      Que palhaçada,o governo tira,um salário mínimo do cidadão que trabalhou,batalhou e fala que é economia eles que vão pro quinto do inferno pensa que somos bobos, economia uma oba, enquanto ficam sustentando essas cambadas de políticos ladrões, miseráveis, tirando do pobre trabalhador, um doente e rouba ,que pecado, mas o Brasil ou melhor o mundo já era,eles pensam que são espertos,mas a lei de Deus é a única que não falha, vão cair todos!!!!! Aí quero ver onde eles vão roubar as pessoas.

  13. Vagner Diz

    Em primeiro lugar o bônus q os peritos recebem do governo é um pagamento pra indeferir,cessar ou bloquear os benefícios de um povo sofrido e roubado pelo governo entre linhas, com isso demonstro meu repúdio as negociatas de um governo absolutamente incompetente e omisso ao sofrimento do próprio povo.

    1. SARITA Diz

      Esse Governo me da vergonha… os bolsos dele estai cheios nao e… bolsinaro messias jair … rarara… crie vergonha e de o minimo de descencia ao pivo q te botou ai… e a primeira dama mischeque desfilando com perolas no pescoco e orelhas … noe poupe de tanta miseria… muito triste … O PIOR GOVERNO DO MOMENTO …. REPUDIO ESTES CARAS DO GOVERNO Q SO SE GOVERNAM E SO OLHAM PRAS SUAS CONTAS BANCARIAS…. DEPOIS ESSE MESSIAS KKK JAIR KKK VAI PRO JAPAO FALAR COM O GOVERNO LA … ELE NAO ESTA NEM AI PRA TI JAIR BOLSONARO… BOZO

    2. Joaquim Diz

      E uma vergonha pessos trabalham muito pra receber tao pouco e ainda e cortado o seu beneficio quando nao pode mais trabalhar e o caso de minha esposa que operou de câncer de de mama e agora.foi cortado seu beneficio e agora como ela vai fazer pra pagar suas contas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.