Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Deputados convocam ministro da Educação para sabatina no Congresso

Requerimento para debate já reuniu mais de 100 assinaturas, entre elas as de Tabata Amaral (PDT-SP), Alessandro Molon (PSB-RJ) e Zé Silva (Solidariedade-MG).

 

O novo ministro da Educação, Milton Ribeiro, que tomou posse na última quinta-feira, 16, deve participar de uma sabatina em breve no Congresso Nacional.

Antes que o pastor, advogado e educador fosse oficialmente empossado, parlamentares criaram um requerimento para convocá-lo para o debate na Câmara.

O deputado federal Professor Israel Batista (PV-DF) é o autor da proposta e justificou que a “pressa” para o pedido para sabatinar o novo ministro é em razão das falhas de comunicação e coordenação dos ministros anteriores do MEC.

“Nossa intenção não é intimidar ou fechar o cerco, mas abrir o diálogo e ter a certeza de que as pautas do MEC serão baseadas em mais ação e menos discursos ideológicos que só geram curtidas nas redes e nada resolvem”, explicou o deputado Israel Batista.

Vale lembrar que antes de Ribeiro passaram pela pasta da Educação o colombiano Ricardo Vélez Rodriguez, Abraham Weintreub e Carlos Alberto Decotelli.

Sabatina deve tratar de temas urgentes

Em seu discurso de posse na quinta-feira, Milton Ribeiro defendeu o ensino público, a laicidade na educação, assim como a manutenção de um possível diálogo com educadores.

No entanto, de acordo com análises políticas, faltou ao novo ministro da Educação impor uma posição sobre temáticas tidas como mais urgentes. O Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e as dificuldades no ensino impostos pela pandemia de Covid-19 são alguns dos assuntos reconhecidos como indispensáveis para o momento atual.

Nesse sentido, a sabatina proposta pelos debutados em breve é para discutir com o ministro da Educação quais seriam os rumos desses temas prioritários.

De acordo com o deputado Israel Batista a ocasião servirá para que o ministro conheça os anseios da classe política.

“É um momento importante, também, para que ele ouça o que os parlamentares da educação consideram medidas prioritárias”, pontua Batista, que esclarece que sua principal cobrança para Ribeiro no encontro será um planejamento estratégico para a Educação.

Até o momento, o requerimento para a sabatina tem mais de 100 assinaturas. Entre os nomes de peso estão Tabata Amaral (PDT-SP), Alessandro Molon (PSB-RJ) e Zé Silva (Solidariedade-MG).

Leia Também:

PENSAR CURSOS brasil 123

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?