Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Mulher é suspeita de receber 96 parcelas do Auxílio Emergencial

Segundo informações da Polícia Federal (PF), suspeita foi presa por supostamente receber mais de 90 parcelas do Auxílio Emergencial

Enquanto algumas pessoas ainda não conseguiram receber nenhuma parcela do Auxílio Emergencial, uma mulher é suspeita de ter recebido 96 rodadas do benefício. As informações são da Polícia Federal. A possível criminosa foi presa na cidade de Córrego Fundo, em Minas Gerais, na manhã da última quinta-feira (12).

A estimativa de 96 parcelas é apenas uma aposta da PF para este caso. A suspeita é que ela pode ter feito até mais saques ao longo dos pagamentos do benefício do Governo Federal que foram feitos entre os meses de abril de 2020 e outubro de 2021. Estima-se que quase 70 milhões de brasileiros tenham recebido ao menos uma parcela.

A PF analisou os números apenas durante o período do primeiro semestre do ano de 2020. Apenas estes dados já apontam para “um grande prejuízo para os cofres públicos”, segundo análises da Polícia. Os dados do segundo semestre de 2020 e os números de 2021 ainda deverão ser analisados pelo sistema de segurança.

Nesta semana, agentes da PF cumpriram um mandado de busca e apreensão na casa da mulher, que não teve o nome divulgado pelos policiais. O que eles adiantaram sobre o caso, é que a suspeita teria conseguido movimentar o dinheiro do projeto social através de boletos bancários. É um sistema comumente utilizado por golpistas.

“As informações iniciais são oriundas da Base Nacional de Fraudes ao Auxílio Emergencial  (BNFAE), mantida pela Coordenação Geral de Polícia Fazendária da PF (CGPFAZ) que reúne dados de comunicações de irregularidades referentes ao pagamento fraudulento do auxílio, após terem sido analisados e confirmados pela Caixa”, disse a PF.

Fraudes em Minas

Dentro de um mês, este já é o segundo grande caso de investigação de supostas fraudes em pagamentos do Auxílio Emergencial no estado de Minas Gerais. Ainda em abril, uma família da cidade de Coronel Fabriciano foi acusada de receber 18 parcelas do benefício.

No entanto, é um erro imaginar que os possíveis golpes estariam acontecendo apenas no estado mineiro. Desde o início dos pagamentos do programa social, ainda em 2020, há relatos de tentativas e efetivações de golpes em todas as unidades da federação.

Polícia Federal

O Auxílio Emergencial chegou oficialmente ao fim ainda no último mês de outubro do ano passado. Todavia, mesmo depois da conclusão dos repasses, o fato é que a Polícia Federal (PF) está seguindo com as investigações de possíveis fraudes nas liberações.

“A Polícia Federal continuará a adotar outras ações policiais visando a coibir e apurar este tipo de fraude no Estado”, disse a PF. “Importante destacar que todos os pagamentos indevidamente realizados são objeto de análise por parte da Polícia Federal e das demais instituições integrantes”, completam.

Auxílio Emergencial

O Governo Federal iniciou os repasses do seu Auxílio Emergencial ainda em abril de 2020. Na ocasião, o objetivo era fornecer uma ajuda em dinheiro para as pessoas que não estavam conseguindo trabalhar devido aos fechamentos de serviços ocasionados pela pandemia do coronavírus.

O programa ganhou novas formas no decorrer dos meses e pagou valores variados em diferentes momentos. No início, os repasses mensais eram de R$ 600. No final do projeto, a maioria dos usuários recebiam R$ 150 por mês.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

1 comentário
  1. Bolo de Cenoura Diz

    Hoje o dia pede um Bolinho de Cenoura com cobertura de
    chocolate e aquele recheio gostoso. Que tal seguir a nossa
    receita desse maravilhoso bolo de cenoura? Basta clicar no
    link ou pesquisar por ‘Melhores Receitas Blog Br’

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.